EM CLIMA DE ELEIÇÃO, PUERTO MALDONADO VAI AO CINEMA

Divididos entre Ollanta Humala e Keiko Fujimori, os cerca de 50 mil habitantes de Puerto Maldonado – região Madre de Dios – vivem forte expectativa diante da escolha do novo presidente da República no próximo domingo (5). Só que grande parte da população apta a votar não expressa preferência por nenhum dos dois candidatos, chegando mesmo a afirmar que vai anular o voto. “Não confio em nenhum dos dois. Ambos estão comprometidos com as políticas que só favorecem os mais fortes, deixando de lado os reais anseios da maioria da população que tem sonhado em vão com um novo tempo”, lamenta o funcionário público John Yuri López Lazarte.
.
Nesta quinta-feira (2) à noite, militantes dos dois partidos: Gana Peru (Ollanta) e Fuerza 2011 (Keiko) ensaiaram comícios, mas não chegaram a empolgar muita gente. A maioria preferiu apoiar uma manifestação de estudantes e professores universitários ou a mostra do FestCineamazônia que aconteciam simultaneamente na mesma Plaza de Armas. Sem manifestar apoio a nenhum candidato, os estudantes reclamam melhor estrutura nas universidades públicas e desconfiam que nem Ollanta nem Keiko têm compromisso sério com o ensino. “Por cidadania, temos que eleger um dos dois, mas é desanimador imaginar a volta de tempos que a gente quer esquecer. Basta de corrupção, matança, censura aos estudantes, artista e à imprensa”, argumenta a estudante e engenharia florestal Rosa Luque.

Apesar do ruído provocado pelo calor das campanhas eleitorais próximo ao local de exibição de filmes e vídeos ambientais, a mostra concentrou um público atento às propostas de ações que preservem o homem e a natureza, tema enfocado insistentemente a cada edição do festival.

O momento lúdico, no Show “Silêncio Total – Um Palhaço Está Chegando”, envolveu a plateia que aproveitava o constante “silêncio total!” do palhaço Xuxu para dirigi-lo aos oradores do comício, provocando gargalhadas de todos.”Soube por acaso dessa mostra aqui na praça. Que diferença de propostas, aqui eu vejo reflexão e muito alegria, lá (no comício) seria muito enfadonho”, diz a jornalista Gigi Feldman.

Neste sábado, a itinerância do FestCineamazônia parte rumo a mais três cidades peruanas: Puno, Cusco e Ibéria. A equipe foi alertada e se prepara para enfrentar um frio de até 15 graus abaixo de zero.

O FestCineamazônia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Ministerio das Relações Exteriores,  Secretaria do Audiovisual,através da Lei Rouanet, Governo de Rondônia, SECEL – Secretaria da Cultura Esporte e Lazer. O apoio cultural é do Iphan, Fórum dos Festivais, Instituto Nacional de Cultura do Peru, INC e Prefeitura de Porto Maldonado.

Previous FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE RUMO AO PERU
Next DIÁRIO DE BORDO (PERU)

Você também pode gostar

ÉVORA – PORTUGAL APLAUDE FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE

“Cinema, se mima, se leva, se vai/ se cega, se neva, cinema, se cai/ cinema, se brinca, se trinca, não vai/ se afina, se anima, cinema, não cai”. O trecho

MATEGUÁ, NA BOLÍVIA, RECEBE O FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE

A comunidade boliviana de Mateguá é natureza bruta. Com 26 família e povo receptivo, o lugar remete a uma Amazônia primitiva, do começo do século, de seringais. Se ignorar as

FORTE PRÍNCIPE RECEBE O FESTICINEAMAZÔNIA ITINERANTE

No último dia 13 de agosto, na entrada da ruína do grande forte construído pelos portugueses, no final do século XVIII, o Festicineamazonia Itinerante realizou sua quinta apresentação em sua