Itinerância leva pequena dose de cinema à Vila Jirau

Itinerância leva pequena dose de cinema à Vila Jirau

Vila Jirau é um vilarejo pequeno, construído às margens da BR 364, em Porto Velho. Por lá, o poder público chega timidamente e as necessidades dos moradores são muitas. Ou seja, é o local perfeito para receber a visita da caravana do Cineamazônia Itinerante, neste domingo (22), levando um pouco de diversão, cinema e lazer diferente à comunidade.

A tela foi montada em frente ao principal comércio da localidade, chamando atenção principalmente das crianças que não possuem muitas oportunidades de ver as animações e os shows com os palhaços. Como não poderia deixar de ser, a recepção foi calorosa e a programação conseguiu arrancar sorrisos e gargalhadas de todos os presentes.

_84U7146

A felicidade em receber o festival foi simbolizada pela comerciante Anália Oliveira Figueiredo, 53 anos. Para ela, o Cineamazônia representa mais que a arte ao alcance, mas o carinho de ser lembrado de alguma forma. “Aqui é carente de muita coisa, então ter esse evento aqui nos deixa muito feliz”, disse.

Cineamazônia Itinerante 2016 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet.  Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA e FUNCULTURAL.

Previous Distrito de Abunã recebe o Cineamazônia itinerante
Next União Bandeirantes recebe a itinerância do Cineamazônia

Você também pode gostar

EM NOITE DE FRIO, FESTCINEAMAZÔNIA ESQUENTA GUAYARAMERIN

A noite de apresentação do Festival de Artes Integradas-Festcineamazonia em Guayaramerin, na Bolívia, teve o frio como ingrediente inesperado. Com uma temperatura que chegou aos 12 graus centígrados, mas com

PEDRAS NEGRAS A MAIS IMPORTANTE COMUNIDADE QUILOMBOLA NO VALE DO GUAPORÉ RECEBE O FESTCINEAMAZÔNIA

Pedras Negras é uma reserva biológica pertencente ao município de São Francisco do Guaporé,  que depois de anos de luta hoje vive hoje um clima de otimismo. A equipe do

Surpresa e vitória para o Cineamazônia

Texto- Ismael Machado Fotos- Zeca Ribeiro Edição- Lui Machado Vitória Laís tem nove anos e dois sonhos. O de deixar os cabelos alourados crescerem como o de Rapunzel- sem alisar-