Comunidade Quilombola Santo Antônio Recebe Itinerância

Local cuja presença do Cineamazônia Itinerante também recebeu uma acolhida calorosa foi a comunidade quilombola de Santo Antonio.  Um dos líderes da comunidade, Roberto Lopes, 37 anos, destacou a importância que o festival itinerante tem trazido para Santo Antonio. “Muda um pouco o nosso cotidiano e para as crianças é uma festa”, disse.

Itinerância Vale do Guaporé

Itinerância Vale do Guaporé

É uma comunidade pequena, com menos de 30 famílias. Parte delas esteve presente em frente ao rio e defronte à tela. Armando Pereira, com seus quase 80 anos, levou a filha para assistir. “Gostei demais”, disse ele ao fim do espetáculo.
Armando foi o personagem do projeto Museus Vivos. Lembrou da fartura do rio antigamente e da caça abundante. “É uma preocupação nossa manter a preservação do local e os valores nossos”, disse Roberto Lopes.  Dos filmes exibidos, as animações foram as que mais chamaram a atenção das crianças. Dos oito filmes apresentados, seis eram nesse formato.

Cineamazonia, 14ª EDIÇÃO, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet. Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA.

Você também pode gostar

VERSALLES – BOLÍVIA RECEBE O FESTCINEA...

Comunidade boliviana, de nome francês, acolhe o Festival de coração aberto. Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros     A comunidade de nome afrancesado: Versalles, localizada nas margens bolivianas

Casa cheia! Os moradores dos distritos de Rio Pardo, Jaci Paraná e Nova Mutum Paraná lotam as apresentações de cinema, vídeos ambientais e circo do Festival Latino Americano de Cinema

Uma só linguagem em Guayaramerin: arte

As ruas movimentadas do comércio de Guayaramerin parecem ter ficado perdidas num tempo que faz falta aos moradores dessa pequena cidade boliviana. A alta do dólar tem afastado os principais