Cineamazônia Itinerante chega ao Estado do Amazonas

Cineamazônia Itinerante chega ao Estado do Amazonas

Com uma abrangência que em 2016 alcançou quatro países e chegou a 36 localidades, mais a realização da décima quarta edição em Porto Velho/RO, totalizando 50 sessões de cinema, agora é a vez do CINEAMAZÔNIA chegar ao vizinho Estado do Amazonas, junto a cidade de Humaitá e comunidade de Assuanopólis.

28787476193_480x320Desde o ano de 2008, quando deu-se início as atividades itinerantes do CINEAMAZÔNIA, ano após ano, a simpática cidade de Humaitá (AM) sempre foi parada obrigatória da caravana do cinema. Distante 200 km de Porto Velho, via BR 319, Humaitá é uma das mais antigas cidades do Estado do Amazonas, com uma população estimada em torno de 53.000 habitantes. Com um aspecto bucólico e uma bela arquitetura com prédios antigos, a cidade tem em suas margens o grande Rio Madeira.

Na programação do CINEAMAZONIA Itinerante, as atividades de cinema na cidade de Humaitá ocorrem no dia 13 de abril (quinta-feira), às 7 da noite, junto a quadra da Escola Estadual Integral Álvaro Maia, com entrada gratuita para toda a população. A escolha da escola conta com o apoio da Diretora Íris Chamberlain, que compreende da necessidade de integrar o cinema como ferramenta educacional, especialmente, considerando que o CINEAMAZONIA tem em sua grade de exibição 10 (dez) curtas-metragens, com o foco na temática ambiental.

Os 10 (dez) curtas a serem projetados foi observado a classificação indicativa Livre, dentre animações, ficções e documentários, não somente nacionais, mas também de outras localidades do mundo, Alemanha, Espanha, Venezuela e República Dominicana, além da produção rondoniense NA BOCA DO MAPINGUARI, direção Áriston Oliveira e Gaspar Knyppel, produção da Espaço Vídeo e Cinema, que possuem como temática central, as questões ambientais, incluindo o lúdico universo das lendas amazônicas, aos conflitos gerados pela industria petrolífera na América do Sul.

Cineamazonia Itinerante, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet.

Previous Cineamazônia se despede de 2016 em uma noite emocionante
Next Cineamazônia Itinerante chega a Vila de Assuanopólis (AM)

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE TRANSFORMA CINEMA EM SONHOS NO BAIXO RIO MADEIRA

Até onde a imaginação pode levar! A edição itinerante do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo Ambiental – Festcineamazônia levou sonhos, fantasia e esperança às comunidades ribeirinhas dos distritos

Cineamazônia se despede de 2017 em noite de homenagem à produção local

Uma grande noite de celebração ao audiovisual rondoniense. Assim foi a despedida da15ª edição do Festival Cineamazônia, que chegou ao fim na noite deste sábado (21). Em cerimônia realizada no

FESTCINEAMAZÔNIA CHEGA NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DE PEDRAS NEGRAS

Rio Guaporé em Rondônia une o Brasil e Bolívia Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros Pedras Negras é uma comunidade quilombola a qual, como a boliviana Versalles, está trabalhando