Cineamazonia Itinerante começa a 16ª Edição na cidade de Guajará-Mirim

Cineamazonia Itinerante começa a 16ª Edição na cidade de Guajará-Mirim

 

 

Tem início nesta sexta, 07 de dezembro, na cidade rondoniense de Guajará-Mirim, a 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante – Festival de Cinema Ambiental, que apresenta, na Praça Santa Luzia, filmes de curta metragem com temática ambiental e social para a população, com entrada gratuita.

Para a 16ª Edição serão apresentados dez filmes, selecionados de mostras competitivas do Cineamazonia, com 04 filmes de ficção, 05 animações e 01 documentário, assim selecionados: Ficção: “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior, de Rondônia; “A piscina de Caíque” de Raphael Gustavo da Silva, de Goiás; “Crisálida”, de Serginho Melo de Santa Catarina e “Opala azul Negão”, de Renné Brasil de Sá de São Paulo.

Entre as animações que fazem parte da 16ª Edição do Cinemazonia Itinerante, estão as cariocas “Miudinho”, de Gordeeff e Cláudio Roberto, “O fim da fila”, de William Côgo e “Sviaz”, de Diego Akel, Leo Ribeiro, Felipe Thiroux, Adriane Puresa, David Mussel, Anna Thereza Menezes, Alexandre Bersot, Jackson Abacatu e Ronaldo Oliveira. Fecham as animações os goianos, “O violeiro fantasma”, de Wesley Rodrigues e “O bagre de bolas”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Fecha a programa o documentário “Xavante, Memória, Cultura e Resistência” de Gilson Costa, de Mato Grosso.

Para o cineasta Thiago Oliveira, um dos diretores da ficção “Balanceia”, estar com seu trabalho no Cinemazonia Itinerante é um incentivador, já que “essas exibições nos dão combustível para continuarmos nesse mergulho que é o fazer cinema na Amazônia”. Thiago destaca também que “o reconhecimento internacional que o Cineamazonia conquistou faz com que as produções exibidas sejam vistas por um grande público, não só local”.

A 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante – Festival de Cinema Ambiental acontece na sexta-feira, dia 07 de dezembro, na cidade de Guajará-Mirim, Rondônia, na Praça Santa Luzia a partir das 20:00 horas. A entrada é gratuita.

 

O Cineamazônia

O Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental surgiu há 16 anos na Amazônia Brasileira, com o objetivo de realizar a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, e a formação de plateia e a consciência sócio ambiental.

 

Cineamazônia Itinerante – 16a edição – tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Apoio Cultural: Prefeitura de Guajará-Mirim

Previous 16ª Edição da Mostra Competitiva do Cineamazônia recebe centenas de filmes
Next Guajará-Mirim assiste a filmes do Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição

Você também pode gostar

CINEAMAZÔNIA PROMOVE ENCONTRO ENTRE MÚSICA E CINEMA EM PORTO VELHO

O nome causa surpresa, mas dá uma pista da intenção do filme. ‘Xingu Cariri Caruaru Carioca’, da diretora carioca Beth Formaggini, utiliza a música para contar uma história que fala

Xuxu mostra com quantos sorrisos se faz um palhaço

Espetáculo que integra mostra Cinema no Circo, do Cineamazônia 2016 fechou a noite no bairro Ayrton Senna, em Porto Velho Um barracão lotado de crianças ansiosas. Antes mesmo de chegar

Em Portugal, festival Cineamazônia inicia terceira etapa da itinerância

Depois de viajar por terra, visitando distritos de Porto Velho e pela água, levando o cinema para comunidades ribeirinhas de Brasil e Bolívia no rio Guaporé, chegou a hora do