30/03/2010 FEST CINEAMAZÔNIA EXIBE CORUMBIARA NO ACRE

30/03/2010 FEST CINEAMAZÔNIA EXIBE CORUMBIARA NO ACRE

O Fest Cineamazônia Itinerante fecha hoje (30/03), o ciclo das capitais da região Norte, com exibição a partir das 19 horas, na Biblioteca Pública Estadual, de Rio Branco (AC). Produções acreanas dirigidas por Sérgio Carvalho farão parte da mostra. O festival também exibirá o documentário Corumbiara, de Vincent Carelli.No último sábado (27/03), o Fest Cineamazônia esteve em Fernando de Noronha, com exibição realizada no auditório do Projeto Tamar, uma referência internacional de preservação marinha. O projeto atua na preservação de espécies em extinção de tartarugas que habitam os mares do Brasil.Para o criador e coordenador geral do Projeto Tamar, Guy Marcovaldi, a parceria com o Fest Cineamazonia Itinerante é importante tendo em vista o interesse do Tamar em levar o projeto para: Tamar Aracaju, Praia do Forte, Ubatuba, Florianópolis além de Fernando de Noronha.O festival também amplia a busca de parcerias para a integração latinoamericana de cinema. Para o curador Jurandir Costa, em contato com Celso Schenkel, Coordenador de Ciências e Meio Ambiente UNESCO no Brasil, uma parceria dessa entidade com o Festival o fortalecerá institucionalmente, especialmente na etapa itinerante por outros países.O Fest Cineamazônia tem o patrocínio da Petrobras, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Eletrobras e Correios, conta com o apoio cultural da Santo Antonio Energia, Prefeitura de Porto Velho, Semed e Fundação Iaripuna, Governo de Rondônia – Secel, e apoio da Bancada Federal de Rondônia, senadora Fátima Cleide, senador Valdir Raupp, deputado federal Eduardo Valverde e deputada federal Marinha Raupp.

Previous FEST CINEAMAZÔNIA SERÁ EXIBIDO EM FERNANDO DE NORONHA
Next PORTUGAL RECEBE PROJETO CULTURAL DE RONDÔNIA

Você também pode gostar

FORTALEZA DO ABUNÃ, UMA PAUSA PARA O CINEMA

FESTCINEMAZONIA realiza apresentação nas margens do rio Abunã Por Sérgio Carvalho com Fotos de Talita Oliveira Nesta quinta-feira, 29 de maio, quando a equipe do FESTCINEMAZONIA ITINERANTE 2015, para mais

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE É REGISTRADO PELAS LENTES DO FOTÓGRAFO E CINEASTA HUBERT HAYAUD

A dislexia salvou Hubert Hayaud, 41 anos. A sentença é simplista e redutora, mas foi o ‘distúrbio’ que aproximou esse franco-canadense da fotografia. “Quando criança ia sempre muito mal nas

COSTA MARQUES RECEBE O FESTCINEAMAZONIA ITINERANTE

Remima tem seis anos, Sandriele oito e Elyel dez., Juntas, essas crianças formam o grupo IrmãosTrovão. Remima e Sandriele tocam violão e cantam. Elyela acompanha na sanfona. O repertório passeia