TUDO PRONTO PARA MAIS UMA ETAPA DO FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS-FESTCINEAMAZONIA ITINERANTE.

O festival percorrerá de 12 a 21 de setembro 6 cidades do Amazonas, Acre, Peru e Bolívia. A Itinerancia começa em Humaitá-AM, no dia 12, a caravana parte de Porto Velho-RO levando na bagagem, muita musica, poesia, circo e cinema.

Além de Humaitá- AM, o festival desembarca ainda em Xapuri-AC dia 14, Iñapari-PERU dia 15, Iberia-PERU dia 16, Puerto Maldonado-PERU dia 18, e Cobija na Bolívia, onde a cidade  recebe a programação por dois dias, 20 e 21.

A itinerancia tem por objetivo formar novos públicos para o cinema,debater a temática ambiental além de ampliar a integração cultural. Toda a programação acontece a  partir das 19:00 horas, e a entrada é grátis.

A itinerancia 2013 já percorreu este ano mais de 15 localidades, entre elas Évora e Lisboa em Portugal, Tarrafal em Cabo Verde na Africa, além de mais 13 comunidades do Vale do Guaporé  Brasil e Bolívia.

O festival tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal através da Lei Rouanet, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, apoio cultural da Santo Antônio Energia, Prefeitura de Humaitá. Apoio Institucional Fundação Banco do Brasil.

Previous EXPEDIÇÃO FESTCINEAMAZÔNIA LEVA MÚSICA, POESIA, CIRCO, E CINEMA PARA 13 COMUNIDADES DO VALE DO GUAPORÉ
Next O FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS- FESTCINEAMAZONIA ITINERANTE LEVA À HUMAITÁ O ESPETÁCULO"DINDO E TONTON DOIS PALHAÇOS FUJÕES"

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE CHEGA EM SURPRESA, NO VALE DO GUAPORÉ

O Festcineamazônia Itinerante no último dia 11 de agosto chegou até a comunidade “Surpresa”, ao lado da aldeia “Sagarana”, nas margens brasileiras do Rio Guaporé. Cercada por uma serra, repleta

VENCEDORES DO FESTCINEAMAZÔNIA SERÃO CONHECIDOS HOJE.

Foram quatro dias de intensa programação. Desde a terça-feira, Porto Velho, a capital rondoniense, mergulhou fundo no cinema, na música, na poesia. Democratizou acesso a produções e assistiu a mais

POETA PORTUGUÊS JOSÉ LUIS PEIXOTO NO FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE

A poesia vai descer o rio no Vale do Guaporé em Rondônia. Sem ser uma imagem metafórica, é mais com uma leitura literal que isso vai ocorrer. O premiado poeta