Cineamazônia começa nova itinerância podendo entrar no livro dos recordes

Além de ser um dos festivais de cinema mais importantes da região norte e figurar entre os eventos artísticos mais relevantes que tratam da questão ambiental no país, o Cineamazônia também está prestes a entrar para livro dos recordes. Isso porque a etapa itinerante do festival, que começa nesta quarta-feira (11) e vai até o dia 24 de maio, pode se tornar o festival de cinema ambiental itinerante de maior distância percorrida no mundo.

Realizado desde 2008, o festival já percorreu mais de 150.000 quilômetros, visitando dezenas de cidades, distritos e comunidades que povoam a amazônia, levando cinema e arte à lugares praticamente esquecidos por boa parte dos brasileiros, pela grande mídia e até mesmo pelo poder público. Segundo a organização do Cineamazônia, não há registro de outro festival de cinema que percorrera tantos quilômetros e devem levar os dados para o Guiness Book ao final da jornada deste ano.

A caravana não se limita ao território brasileiro. Durante os oito anos de itinerância, o festival já levou o cinema a países como Colômbia, Bolívia, Peru, Portugal, Cabo Verde.

Esta é apenas a primeira etapa do Cineamazônia Itinerante 2016, que consiste em três fases: uma feita por terra, explorando as estradas no meio floresta amazônica; outra feita seguindo o rio Guaporé  e a terceira realizada visitando comunidades da Serra da Estrela, em Portugal.

Nesta primeira fase, por terra, serão visitadas as cidades do Acre, distritos de Porto Velho e comunidades do Peru. O início da jornada será no Peru, nas cidades de Iñapari, Arca de Pacahuara e Planchon, todas próximas à fronteira com o Brasil. Depois a itinerância entra em território brasileiro e visita o município Capixaba, no Acre.

Já em Rondônia, a itinerância passará pelos distritos de Porto Velho, Nova Califórnia, Extrema, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã, Abunã, União Bandeirantes, Vila Jirau, Rio Pardo e terminando em Jacy Paraná.

Cineamazônia

O Festival Cineamazônia surgiu há 14 anos com o objetivo central de fazer a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais,legendados ou narrados na Língua Portuguesa.

Cineamazônia, 14ª EDIÇÃO, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet. Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA e FUNCULTURAL.

Previous Ministério Público denuncia Samarco por crime ambiental
Next Veja aqui a programação Cineamazônia Itinerante

Você também pode gostar

REGULAMENTO CINEAMAZÔNIA – 2018

1.- DATA E LOCAL  Art. 1º – A Décima Sexta Edição do CINEAMAZÔNIA – Festival de Cinema Ambiental, será realizada na Amazônia brasileira, no período de 1º a 31 de Agosto

Marcos Winter será o mestre de cerimônia do Festival Cineamazônia

Cristina Lago, Gero Camilo, Rodrigo Lima, Cacá Carvalho, Ingra Liberato. Em comum, além do inegável talento individual, esses artistas fazem parte do time que já emprestou o próprio carisma como

Comunidade Quilombola Santo Antônio Recebe Itinerância

Local cuja presença do Cineamazônia Itinerante também recebeu uma acolhida calorosa foi a comunidade quilombola de Santo Antonio.  Um dos líderes da comunidade, Roberto Lopes, 37 anos, destacou a importância