Em Portugal, festival Cineamazônia inicia terceira etapa da itinerância

Depois de viajar por terra, visitando distritos de Porto Velho e pela água, levando o cinema para comunidades ribeirinhas de Brasil e Bolívia no rio Guaporé, chegou a hora do Festival Cineamazônia ganhar os ares. A terceira fase do Cineamazônia Itinerante começa esta semana, entre os dias 09 e 10 de setembro, nas cidades de cidades portuguesas Seia (Largo da Câmara) e São Romão (Largo de Santo Antonio) respectivamente, a partir das 21h30.

Durante os dois dias serão realizadas sessões de cinema em parceria com o Festival Internacional de Cinema e Vídeo de Ambiente (CinEco). A programação do festival itinerante contará com oito curtas-metragens contando com produções brasileiras, portuguesas e de países latino-americanos, como Argentina e Venezuela.

Itinerância Vale do Guaporé

Itinerância Vale do Guaporé

Os festivais Cineamazônia e CinEco integram o Green Film Network e têm como desafio a difusão do cinema ambiental dos filmes da língua portuguesa.

Cineamazônia em Portugal

A relação do Cineamazônia com Portugal vem desde 2008. O festival brasileiro já realizou sessões de cinema nas cidades portuguesas de Coimbra, Évora, Seia, Sabugueiro e Lisboa e passou a integrar o país europeu em atividades importantes, como o colóquio internacional As Lutas Pela Amazônia no Início do Milênio presidido por Boaventura de Sousa Santos, um dos mais importantes intelectuais da atualidade.

O Cineamazônia exibiu ainda, durante três anos, filmes brasileiros e portugueses junto a cidade de Évora, em parceria com o FIKE – Festival Internacional de Curtas-Metragens (Portugal), estabelecendo a parceria com a Fundação José Saramago e realizando atividades junto a Casa dos Bicos (Lisboa).

Cineamazonia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet.  Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA, Câmara Municipal de Seia em Portugal e CineEco Seia – Festival Internacional de Cinema e Vídeo de Ambiente.

Previous Cinema na Floresta (Matéria Revista Trip)
Next Cineamazônia leva um pouco da América Latina para Portugal

Você também pode gostar

TV Serra Azul de Porangatu exibe Histórias Mal Contadas

  Resultado de uma parceria entre a Espaço Vídeo e Cinema e a Fundação Cultural Serra Azul, gestora da TV Serra Azul, localizada na cidade de Porangatu, Norte goiano, retransmissora

Cineamazônia se despede de 2017 em noite de homenagem à produção local

Uma grande noite de celebração ao audiovisual rondoniense. Assim foi a despedida da15ª edição do Festival Cineamazônia, que chegou ao fim na noite deste sábado (21). Em cerimônia realizada no

Poesia portuguesa em Rondônia

José Luiz Peixoto, um dos mais premiados escritores portugueses, participa da mesa ‘É de poesia que o mundo precisa’, na programação do Cineamazônia 2016 Brasil e Portugal deveriam ser mais