Cineamazônia começa nova itinerância por Peru, Acre e distritos de Porto Velho

Em um ano especial, o Festival Latino Americano de Cinema Ambiental – Cineamazônia, chega a sua 15ª edição, e para tanto, tem como uma de suas metas, a compreensão da necessidade de descentralização de suas atividades, por meio da projeção filmes durante todo o ano, entre os meses de julho a outubro em diversas localidades.

Tanto que a partir da próxima quinta-feira (03), começa a primeira etapa itinerante do festival, na cidade acreana de Assis Brasil e vai até o dia 14 de agosto, sendo encerrada no distrito de Jacy-Paraná, distante cerca de 80 quilômetros de Porto Velho.

Realizado desde 2008, o festival já percorreu mais de 150 mil quilômetros, visitando dezenas de cidades, distritos e comunidades que formam a Amazônia, levando cinema e arte a lugares praticamente esquecidos por boa parte dos brasileiros, pela grande mídia e até mesmo pelo poder público. Segundo a organização do Cineamazônia, não há registro de outro festival de cinema que percorrera tamanha distância.

A caravana não se limita ao território brasileiro. Durante os nove anos de itinerância, o festival já levou o cinema a países como Colômbia, Bolívia, Peru, Portugal e Cabo Verde.

Esta é apenas a primeira etapa do Cineamazônia Itinerante 2017, que consiste em duas fases: uma feita por terra, explorando as estradas que cortam a Floresta Amazônica e outra feita seguindo o Rio Guaporé entre Guajará-Mirim e Cabixi, no cone Sul de Rondônia.

Nesta primeira fase, por terra, serão visitadas as cidades do Acre, uma do Peru e distritos de Porto Velho. O início da jornada será em Assis Brasil (AC). Em seguida, o Cineamazônia atravessa a fronteira e vai para Iñapari. Depois, volta para o Acre e faz uma atividade em Capixaba.

Já em Rondônia, a itinerância passará pelos distritos de Porto Velho: Nova Califórnia, Extrema, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã, Abunã, União Bandeirantes, Nova Mutum (Vila Jirau), Rio Pardo e terminando em Jacy-Paraná.

Mais festival

O Cineamazônia surgiu há 15 anos com o objetivo central de fazer a junção entre a sétima arte, o circo e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, legendados ou narrados na Língua Portuguesa.

A 15ª edição do Cineamazônia tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual e da Lei Rouanet. Ainda tem o apoio cultural da Sejucel, Funcultural, Fecomércio e SESC Rondônia. O Cineamazônia é associado ao Fórum dos Festivais e membro do Green Film Network.

Serviço:

 Pauta: Cineamazônia começa itinerância por Peru, Acre e distritos de Porto Velho.

Local: Sugestão para acompanhar a saída da caravana da Praça das Três Caixas D’Água, na Rua Carlos Gomes com Rogério Weber.

Data da saída: Quarta-feira, dia 02 de agosto.

Horário: A partir das 09 da manhã.

Previous Cineamazônia prorroga inscrições para Mostra Competitiva
Next Após 15 horas, Cineamazônia Itinerante chega ao Acre

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZONIA, UMA NOITE DE SURPRESA EM PORTO ROLIM.

Ao final da última poesia, o escritor português José Luís Peixoto diz que há uma pequena surpresa para o público. Ladeado pelo cantor e violonista Bado e pelo palhaço Martinez,

TV Serra Azul exibe Animando Amazônia

A série produzida pela Espaço Vídeo e Cinema “Animando Amazônia” será exibida pela TV Serra Azul, retransmissora da TV Futura na cidade de Porangatu, Norte de Goiás, a partir de

NOVA CALIFÓRNIA TEM SESSÃO LOTADA NO FESTCINEAMAZONIA 2015

Circo e Cinema fazem a alegria da comunidade Por Sérgio Carvalho com Fotos de Talita Oliveira   Nova Califórnia, distrito do município de Porto Velho, capital de Rondônia, fronteira com