Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição exibe filmes em cinco cidades do Vale do Rio Guaporé

Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição exibe filmes em cinco cidades do Vale do Rio Guaporé

 

A cidade de Costa Marques, em Rondônia, foi a quinta localidade a receber a mostra de curta metragens do Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição, na noite do sábado, 15 de junho. Exibidos na praça central lotada pela população, os filmes agradaram a plateia, composta por pessoas de todas as idades.

Completando 38 anos de emancipação política administrativa, Costa Marques marca a primeira etapa da itinerância, onde o barco é reabastecido e a equipe de profissionais que acompanha a expedição aproveita para descansar e verificar os equipamentos. Cinegrafistas, fotógrafos, técnicos de som e diversos outros profissionais, além das equipes de reportagem da SIC TV – Record Rondônia e da Amazon SAT acompanham o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição.

Na sexta, 14 de junho, o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição esteve presente com as exibições no Quilombo Santo Antônio do Guaporé, localidade com 25 famílias e que se encontra localizada junto a Reserva Biológica de mesmo nome. As famílias no local praticam o cultivo da mandioca e da castanha, e o local conta com uma escola que atende as crianças e jovens.

No dia 12 de junho, o também Quilombo de Pedras Negras recepcionou o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição. Localizado em uma grande curva do Rio Guaporé, Pedras Negras possui este nome em função das enormes rochas negras que cobrem toda a região, e à época da colônia era importante posto de observação dos portugueses para a defesa do rio.

No início do mês, no dia 02 de junho, a cidade de Pimenteiras do Oeste, no extremo sul de Rondônia, foi a primeira localidade as margens do Rio Guaporé a receber o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição. Ponto de escoamento da produção agrícola da região, a cidade conta com uma boa infraestrutura urbana.

A primeira cidade a assistir as exibições de filmes do Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição foi Cabixi, na noite do dia 01 de junho. Na divisa com Mato Grosso, Cabixi é conhecido pelo turismo ecológico e pelos rios onde são desenvolvidas atividades de pesca esportiva.

Nesta segunda, 17 de junho, o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição não para. Logo cedo o barco da expedição de cinema e cultura prossegue descendo o Rio Guaporé e exibindo a mostra de filmes no Forte Príncipe da Beira na mesma noite e logo após, no dia 20 de junho, chega a Surpresa, pequena localidade que é distrito de Guajará-Mirim.

 

Programação

Para a 16ª Edição estão programadas as exibições de dez filmes, assim selecionados: Ficção: “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior, de Rondônia; “A piscina de Caíque” de Raphael Gustavo da Silva, de Goiás; “Crisálida”, de Serginho Melo de Santa Catarina e “Opala azul Negão”, de Renné Brasil de Sá, de São Paulo.

Entre as animações da 16ª Edição do Cinemazonia Itinerante estão as cariocas “Miudinho”, de Eliane Gordeff e Cláudio Roberto, “O fim da fila”, de William Côgo e “Sviaz”, de Diego Akel, Leo Ribeiro, Felipe Thiroux, Adriane Puresa, David Mussel, Anna Thereza Menezes, Alexandre Bersot, Jackson Abacatu e Ronaldo Oliveira. Fecham as animações os goianos, “O violeiro fantasma”, de Wesley Rodrigues e “O bagre de bolas”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Encerrando as exibições será apresentado o documentário “Xavante, Memória, Cultura e Resistência” de Gilson Costa, de Mato Grosso. Além destes filmes, foi incluído ainda o curta “Marcados”, com produção de Felipe Mota.

 

O Cineamazônia

O Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental surgiu há 16 anos na Amazônia Brasileira, com o objetivo de realizar a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, e a formação de plateia e a consciência sócio ambiental.

O Cineamazônia Itinerante é o único Festival de Cinema Ambiental da Amazônia e o mais antigo ainda em atividade. Cineamazônia é a luz do cinema que une Brasil, África, Cabo Verde, Portugal, Colômbia, Peru e Bolívia. É a Luz do cinema que brilha o perto e o longe, que vai até comunidades isoladas da Amazônia, é o registro da memória em estado bruto. O Cineamazônia não para.

 

Cineamazônia Itinerante – 16a edição – tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura, Lei de Incentivo à Cultura.

Apoio Cultural: Prefeitura de Cabixi, Prefeitura de Pimenteiras do Oeste e Prefeitura de Costa Marques

 

_______________________________________________

Acompanhe a 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante – Festival de Cinema Ambiental, compartilhe, adicione, curta e divulgue entre os seus contatos: #cineamazonia

 

Crédito das Imagens – Pedro Carrilho – Cineamazonia Itinerante 16ª Edição

Contato Imprensa:

Felippe Jorge Kopanakis – 21-994002122

Mail: imprensacineamazonia@gmail.com

 

 

 

Previous Cineamazônia Itinerante 16ª Edição participa dos festejos do Divino Espírito Santo
Next Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição encerra expedição com chave de ouro

Você também pode gostar

CINEAMAZÔNIA ITINERANTE NA ESTRADA

“Vocês deviam vir mais vezes aqui. Não temos quase nada para dar aos nossos jovens. Deus abençoe vocês”. Ombros arqueados, passos vagarosos, sorriso de poucos dentes, Pencha Tamayo, 68 anos,

QUANDO OS MORADORES TORNAM-SE PROTAGONISTAS

Pequenas Miradas, uma experiência de cinema no Festcineamazônia Itinerante Por Sérgio de Carvalho Foto de Jurandir Costa   Além de levar circo, música e cinema para comunidades bolivianas e brasileiras

Estão abertas as inscrições para a mostra competitiva do Cineamazônia

Começam neste domingo, 1 de maio, as inscrições para a décima quarta edição do Cineamazônia – Festival Latino Americano de Cinema Ambiental, que será realizado no período entre 23 e