FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE LEVA CINEMA AO VALE DO GUAPORÉ

A equipe de pré-produção do Festcineamazônia Itinerante 2012 já está no Vale do Guaporé fazendo a divulgação da etapa que será realizada nos meses de junho e julho, percorrendo localidades na fronteira Brasil/Bolívia. As exibições são gratuitas e tem como objetivos integrar as comunidades através do cinema e vídeo, levando em discussão a temática ambiental.

Nesta etapa, o festival levará cinema e circo para brasileiros e bolivianos que vivem nas margens dos rios Guaporé e Mamoré. A região, marcada pelo isolamento, é um paraíso ecológico que precisa ser preservado, e pode ser desenvolvido com alternativas sustentáveis.

As exibições iniciam por Guajará-Mirim (Brasil), no dia 22 de junho, na Praça dos pioneiros. Depois segue a programação: Guayaramerin (23 junho), Surpresa (25 junho), Forte Príncipe da Beira (27 junho), Buena Vista (28 junho), Quilômbo de Santo Antônio do Guaporé (30 junho), Versalles (1 julho), Pedras Negras (2 julho), Mategua (3 julho), Porto Rolim (4 julho) e Pimenteiras (6 julho). Todas as exibições serão as 19 horas.

Peru - Cineamaznia - Iberia

O Festcineamazônia 2012 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal através da Lei Rouanet, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Governo de Rondônia, Secel, TAL – Television America Latina, Governo Autônomo Municipal de Guayaramerim/Bolívia e Prefeitura Municipal de Guajará Mirim/Brasil.

Previous A QUILOMBOCLAGEM CINÉFILA JÁ VAI COMEÇAR!
Next PEDRAS NEGRAS A MAIS IMPORTANTE COMUNIDADE QUILOMBOLA NO VALE DO GUAPORÉ RECEBE O FESTCINEAMAZÔNIA

Você também pode gostar

Cineamazônia leva arte à periferia da Bolívia

Um quintal sem grama em frente à uma casa simples, em um dos bairros mais perigosos da Bolívia. O cenário não costuma ser dos mais convidativos para a esmagadora maioria

FESTCINEAMAZÔNIA PASSA A FAZER PARTE DA ORGANIZAÇÃO GREEN FILM NETWORK (GFN), A REDE CINEMATOGRÁFICA COM OS FESTIVAIS AMBIENTAIS MAIS IMPORTANTES DO MUNDO.

er o único festival ambiental da Amazônia, com uma trajetória de amadurecimento e ter uma história recente positiva de integração cultural na América do Sul e outros países de língua

PIMENTEIRAS DO OESTE Â?? BR ÚLTIMA PARADA DO FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE PELO VALE DO GUAPORÉ

Depois de percorrer mais de mil e quatrocentos quilômetros subindo o Rio Guaporé, visitando outras dez comunidades, desde a cidade de Guajará Mirim – BR, indo de uma margem a