CINEMA NO CIRCO MARCA A VOLTA DE XUXU A PORTO VELHO

Ator Luiz Carlos Vasconcelos reencena espetáculo Silêncio Total na capital, junto a exibição de filmes em bairro da periferia de Porto Velho

Ele está de volta e pede silêncio total. Ele, no caso, é o ator Luiz Carlos Vasconcelos e seu marcante personagem, o Palhaço Xuxu. Já tendo participado em outros anos do festival e da itinerância do Cineamazônia, Xuxu e o espetáculo ‘Silêncio Total’ retornam a Porto Velho, integrando a mostra Cinema no Circo, que será exibida hoje, 23\11, a partir das 20 horas. O bairro Ayrton Senna foi o local escolhido para receber a lona do circo cinematográfico nessa edição.

O teatro e principalmente o circo sempre foram as grandes paixões de Vasconcelos, que, apesar de ser formado em Letras, estudou artes cênicas na Dinamarca para depois incorporar-se ao grupo teatral Intrépida Trupe. Em 1978 criou o Palhaço Xuxu, que nunca mais o abandonou.

O espetáculo ‘Silêncio Total’ encerrará uma programação de oito filmes, entre animação, ficção e documentários, para a comunidade do bairro Ayrton Senna. “Sempre nos preocupamos com a democratização do acesso à arte e levar cinema e circo para bairros onde o acesso é mais restrito faz parte do que move o Cineamazônia”, explica Jurandir Costa, um dos organizadores do festival.

Cineamazonia, 14a EDIÇÃO, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet. Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, Sejucel e Unir – Universidade Federal de Rondônia.

 

Previous Tom político e social marca abertura do Cineamazônia 2016
Next Poesia portuguesa em Rondônia

Você também pode gostar

Poesia pisando no real

Realizadores discutem poesia no Cineamazônia Atitude. Generosidade. Fim da intolerância racial. Além da poesia, cada vez mais necessária, são de coisas assim que o mundo precisa. Foi o que defenderam

Cineamazônia 17ª Edição exibe seis documentários de longa metragem na disputa do Troféu Mapinguari

O Prêmio Silvino Santos de melhor longa metragem documentário, que acontece durante o CIneamazônia 17ª Edição, de 1 a 5 de dezembro, contará com seis filmes que concorrem ao Troféu

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE ENCERRA COM ÊXITO SUA JORNADA PELO VALE DO GUAPORÉ NA CIDADE DE PIMENTEIRAS

Equipe do Festival percorreu por água e terra mais 2.300 kms Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros O Festcineamazônia Itinerante encerrou com êxito sua jornada pelo Vale do Guaporé,