FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE EM IÑAPARI NO PERU

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE EM IÑAPARI NO PERU

Cinema, Circo e Música na tríplice fronteira: Bolívia, Peru e Brasil

Por Sérgio Carvalho Foto de Fernanda Kopanakis


 

A cidade peruana de Iñapari, localizada na fronteira com o município acreano de Assis Brasil e com o departamento de Pando, na Bolívia, formando a tríplice fronteira Peru, Brasil e Bolívia, recebeu a edição itinerante do Festcineamazônia no dia 08 de setembro. Um público de aproximadamente 300 pessoas prestigiou com alegria o evento.

Iñapari, parte do departamento de Madre de Dios, é a porta de entrada para o Peru pelo Acre, muitos turistas que seguem para Cusco e demais cidades peruanas passam pelo local, que tornou-se um ponto de apoio, com restaurantes simples, porém com atendimento e comida de primeira. Como observou o produtor local Jhon Lopez: Iñapari vem desenvolvendo-se cada dia mais rápido.

A praça na qual aconteceu a apresentação ficou cheia, com presença de autoridades locais e da população em geral, sobretudo, crianças. O cantor Rodolfo Minari que acompanha o Festival abriu as atividades com sua apresentação musical, seguido pela dupla de palhaços peruanos Plumita e Figurita .

A sessão de filmes foi dedicada as quatro lideranças Ashaninkas assassinadas no dia 01 de setembro. Os indígenas mortos na fronteira do Peru com o Brasil, na região de Pucallpa, defendiam a demarcação de suas terras e a floresta Amazônica, denunciando madeireiros ilegais e narcotraficantes na região.

Na ocasião, exibiu-se um depoimento sobre os assassinatos do cineasta peruano Fernando Valdívia e, em seguida, seu documentário ISKOBAKEBO – Um difícil reencontro, que tem como tema os índios isolados.

O Festcineamazônia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual Lei Rouanet, apoio cultural da Fundação Saramago e Iphan. Parceiros de Mídia Rádio Parecis FM e Canal Brasil. O Festcineamazônia é membro do Green Film Network e Fórum dos Festivais.

Você também pode gostar

XAPURI-ACRE RECEBE O FESTIVAL DE ARTES INTEGR...

Durante os períodos conhecidos como “ciclos da borracha”, Xapuri era a principal referência em termos sociais e culturais do Acre  e em outras regiões do país. A partir da década de

Cineamazônia leva um pouco da América Latin...

O cinema latino-americano tomou novos ares nos últimos dias 9 e 10 de setembro. As vilas de Seia e São Romão, localizadas nas regiões do Largo da Câmara e Largo de

Iata recebe Cineamazônia Itinerante mais uma...

O distrito do Iata, distante cerca de 30 quilômetros de Guajará-Mirim, recebeu mais uma edição do Cineamazônia Itinerante na noite do sábado (26), na praça em frente a escola Gaspar

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!