FEST CINEAMAZÔNIA ITINERANTE SEGUE PARA MACAPÁ

Durante a realização da etapa de Boa Vista foi anunciada a criação do Cineclube da UFRR

A próxima exibição do Fest Cineamazônia Itinerante 2010 será em Macapá, capital do Amapá. O evento será no Salão de Atos da Faculdade SEAMA, a partir das 15 horas, no sábado (15/03). Uma produção local fará abertura da sessão de filmes e vídeos. A entrada é grátis. Para Chico Terra, produtor local, a presença do festival servirá para o debate e estímulo para novos produtores.

Na última quinta-feira (11/03) a mostra itinerante esteve em Boa Vista (RR), numa exibição no auditório da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Estimulado pela grandeza do evento, o reitor da UFRR, doutor Roberto Ramos Santos anuncia a criação da Sala do Cineclube de Boa Vista, dentro da Universidade. Na abertura foi exibido o filme local Os Meninos Sem Dono, dirigido por Janini Marques.

O evento foi prestigiado por estudantes, professores, artista e produtores. Presenças destacadas foram de Alex Pizano (produtor independente local), Nenzinho Soares (ABD/RR), Marcelo Augusto Pinto da Silva (ASCOR/CORREIOS), e Maurício Zouein (chefe do departamento de Jornalismo da UFRR).

O Fest Cineamazônia teve apoio institucional da Universidade Federal de Roraima, ABD/RORAIMA, SESC/RR, Sindicato dos Jornalistas (SINJOPUR), e imprensa roraimense.

O Festival tem o patrocínio da Petrobras, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Eletrobras e Correios, conta com o apoio cultural de Santo Antonio Energia, Prefeitura de Porto Velho, Semed e Fundação Iaripuna, Governo de Rondônia – Secel, e apoio da Bancada Federal de Rondônia, senadora Fátima Cleide, senador Valdir Raupp, deputado federal Eduardo Valverde e deputada federal Marinha Raupp.

Previous RORAIMA RECEBE FEST CINEAMAZÔNIA
Next BELÉM RECEBE HOJE FEST CINEAMAZÔNIA ITINERANTE

Você também pode gostar

EM NOITE DE FRIO, FESTCINEAMAZÔNIA ESQUENTA GUAYARAMERIN

A noite de apresentação do Festival de Artes Integradas-Festcineamazonia em Guayaramerin, na Bolívia, teve o frio como ingrediente inesperado. Com uma temperatura que chegou aos 12 graus centígrados, mas com

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE É REGISTRADO PELAS LENTES DO FOTÓGRAFO E CINEASTA HUBERT HAYAUD

A dislexia salvou Hubert Hayaud, 41 anos. A sentença é simplista e redutora, mas foi o ‘distúrbio’ que aproximou esse franco-canadense da fotografia. “Quando criança ia sempre muito mal nas

PRIMEIRA NOITE DO FESTCINEAMAZÔNIA 2013

Teatro lotado, discursos emocionados e a chuva amazônica. A noite de abertura do Festcineamazônia edição 2013, teve todos os ingredientes necessários para ficar na memória. Mais maduro, o festival se