A NOITE FOI DE FESTA NO TERREIRO

Em 2012, o vídeo ‘Cowboy’ foi uma das grandes surpresas do Festcineamazônia. O roteiro inventivo chamou a atenção para o diretor do curta. Premiado, Tarcísio Lara Puiati se disse encantado com Rondônia. Não foram meras palavras. O curta-metragem ‘Quimera’, filmado às margens do Rio Madeira com atores locais de Porto Velho, é resultado, entre outras coisas, do encantamento de Lara com o modo de falar e viver do Rondoniense. O filme já havia sido exibido em São Paulo, Goiânia e Manaus. E foi com entusiasmo que o elenco subiu ao palco do Teatro Banzeiros na noite de sexta-feira para falar a um teatro lotado sobre o filme.

Têm sido assim, recheados de emoção, os dias do Festcineamazônia 2013. Denúncias sócio-ambientais, posicionamentos políticos, declarações de amor à arte e à cultura são algumas das formas encontradas pelos participantes para aderir à ideia do festival. Muitos filmes também encarnam esse espírito. Na sexta-feira também foi a vez de outro filme que desperta reações fortes. ‘O Homem que matou Deus’, dirigido pelo francês Noé Vitoux é certeza de polêmica.

No curta, Wem Tom, um jovem indígena de uma aldeia amazônica, percebe que não sobrou caça na floresta e decide sair para caçar homens brancos. As cenas fortes em alguns momentos provocam as mais diversas reações. Celso Oro Eu, indígena co-diretor do filme e  Noé Vitoux subiram ao palco para explicar um pouco a obra.

Mas a noite também foi de festa no terreiro. O projeto ‘Cinema no Terreiro’ exibiu o filme ‘Pastinha! Uma vida pela capoeira’, dirigido por Antonio Carlos Muricy. Esse ano o local escolhido para exibição foi a Associação Espiritualista Ilê Axê Xire Oya, no adequado bairro de nome Socialista.

O Festcineamazônia  – Festival Latino Americano de Cinema Ambiental  tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal através da Lei Rouanet, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, apoio cultural: Sistema Fecomércio – Sesc, Centro de Formação dos Profissionais de Eduacação do Município de Porto Velho,  SEMA – Secretaria Municipal de Meio Ambiente, programa microfonia .O Festcineamazônia é membro do Green Film Network.

Previous TABA DO CACIQUE FOI PALCO DA NOITE CINEMA E SAMBA
Next VENCEDORES DO FESTCINEAMAZÔNIA SERÃO CONHECIDOS HOJE.

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZÔNIA APOIA CRIAÇÃO DO PARQUE DOS BEIRADEIROS EM PORTO VELHO

Vamos plantar um parque no rio Madeira. A mensagem repercutiu no Baixo rio Madeira na edição itinerante do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo Ambiental – Festcineamazõnia realizada nos

The Homesman rides, The Expendables assemble

Nam in pharetra nulla. Cras aliquet feugiat sapien a dictum. Sed ullamcorper, erat eu cursus sollicitudin, lorem orci condimentum ante, non tincidunt velit dolor eget lacus. Ut dolor ex, gravida

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE TRANSFORMA CINEMA EM SONHOS NO BAIXO RIO MADEIRA

Até onde a imaginação pode levar! A edição itinerante do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo Ambiental – Festcineamazônia levou sonhos, fantasia e esperança às comunidades ribeirinhas dos distritos