ÉVORA RECEBE PROJETO AUDIOVISUAL DA AMAZÔNIA

ÉVORA RECEBE PROJETO AUDIOVISUAL DA AMAZÔNIA

A cidade de évora, capital do Distrito de évora, em Portugal, recebe o Fest Cineamazônia Itinerante com projeção de vídeos e filmes ambientais brasileiros, como parte da integração internacional. A exibição acontece nesta quinta-feira. Para o curador do festival Jurandir Costa, a integração valoriza a cultura brasileira através da arte cinematográfica.A caravana 2010 iniciou em março, com exibições nas capitais da região norte do Brasil. Ainda nessa temporada o Fest Cineamazônia estará também em Cabo Verde, no continente africano.Durante a itinerância o festival está produzindo um novo documentário sobre a nossa herança cultural portuguesa. O filme será protagonizado pelo professor e historiador Marcos Teixeira, da Universidade Federal de Rondônia.O Festival tem o patrocínio da Petrobras, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Eletrobras e Correios, conta com o apoio cultural da Santo Antonio Energia, Prefeitura de Porto Velho, Semed e Fundação Iaripuna, Governo de Rondônia – Secel, e apoio da Bancada Federal de Rondônia, senadora Fátima Cleide, senador Valdir Raupp, deputado federal Eduardo Valverde e deputada federal Marinha Raupp.

Previous PORTUGAL RECEBE PROJETO CULTURAL DE RONDÔNIA
Next CABO VERDE RECEBE FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA E VÍDEO

Você também pode gostar

PORTUGAL RECEBE FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE 2014

Amazônia e Portugal. No dia 19 de junho, a ponte que mais uma vez irá unir essas distâncias é o cinema. Pelo quinto ano consecutivo, o país lusitano recebe o

Cineamazônia começa nova itinerância por Peru, Acre e distritos de Porto Velho

Em um ano especial, o Festival Latino Americano de Cinema Ambiental – Cineamazônia, chega a sua 15ª edição, e para tanto, tem como uma de suas metas, a compreensão da

Há mais estrelas no céu do que carapanãs na Terra

  Texto e fotos: Pedro Carrilho, Fotógrafo do Cineamazonia Itinerante 16ª Edição   “Como fotógrafo, geógrafo por formação e viajante inveterado que nunca havia tido a oportunidade de conhecer os