Cineamazônia fecha a primeira etapa da itinerância 2016 com muita alegria em Jacy-Paraná

Cineamazônia fecha a primeira etapa da itinerância 2016 com muita alegria em Jacy-Paraná

Nem mesmo a rotina rígida da escola Tiradentes da Polícia Militar, em Jacy-Paraná poderia ser capaz de fazer com que o sorriso transbordasse nos rostos dos adolescentes nesta terça-feira, 24. Pelo contrário: no último dia do Cineamazônia Itinerante o que não faltaram foram gargalhadas durante os curtas-metragens e animações apresentados e, principalmente, durante a apresentação dos palhaços Figurita e Aguahito.

A visita do festival foi vista com alegria pelos alunos e professores. Para Karen Amaral de Oliveira, 12 anos, a apresentação dos palhaços foi o que mais chamou a atenção. “Eles são engraçados e divertidos. É completamente diferente do que vimos por aqui”, diz a menina.

Para a colega, Amanda Taís Dias da Silva, de 13 anos, o Cineamazônia representou um “sopro de alegria” para ela e os colegas de escola. “Nosso colégio está precisando de mais visitas e atividades parecidas, porque a gente sempre merece uma alegria e é muito bom ver coisas novas na escola”, conta.

jaciparana 3

A professora de língua portuguesa, Carla Aguiar, 37 anos, aproveitou para ressaltar a importância da cultura no papel de desenvolvimento intelectual dos jovens. “Além de tirar a gente da rotina de sala de aula, tem esse lado cultural que faz com que o aluno se sinta motivado a continuar estudando e procurar se envolver com outras artes, como teatro e música”, afirma.

Essa foi a última apresentação desta etapa do Cineamazônia Itinerante 2016. Ao todo foram onze localidades visitadas em 15 dias, levando a arte a alguns dos lugares mais esquecidos da Amazônia, passando por comunidades que nunca tiveram uma sala de cinema e que, por vezes, sequer tinham luz elétrica. Agora a caravana se prepara para a segunda etapa, que será realizada no mês de julho, quando o festival trocará a estrada pelo rio Guaporé.

Cineamazônia Itinerante 2016 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet.  Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA e FUNCULTURAL.

Previous União Bandeirantes recebe a itinerância do Cineamazônia
Next Dia 6 - Em Nova Califórnia, nossa estreia em Porto Velho

Você também pode gostar

Cineamazônia anima público de Assis Brasil (AC) e Iñapari, no Peru

Após uma longa viagem, o Cineamazônia Itinerante chegou a Assis Brasil na quinta-feira (03), para a primeira atividade da caravana prevista até o dia 14 de agosto. O local escolhido

Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição: cinema e arte para a Amazônia

  A 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante, mais do que levar cinema e arte a populações ribeirinhas do Vale do Guaporé, uniu pessoas, trocou conhecimentos, registrou de forma amorosa os

AMAZÔNIA: A MAIS COMPLETA TRADUÇÃO.

A mais completa tradução da Amazônia é a sua recente produção cinematográfica. é a mais completa porque é a mais recente.  Beneficiou-se de uma rica e diversificada história cultural e