14ª edição do Cineamazônia é adiada para novembro

Itinerância Vale do Guaporé

Itinerância Vale do Guaporé

A 14ª edição do Festival Latino Americano de Cinema Ambiental (CINEAMAZÔNIA), sediado em Porto Velho (RO), sofreu alteração na data programada, que seria agora no final de agosto. Com a mudança, a Mostra Competitiva e demais atividades culturais organizadas pelo festival acontecerão entre os dias 22 a 26 de novembro.

A organização do CINEAMAZÔNIA informa que a mudança facilitará a avaliação dos filmes participantes nesta edição da Mostra Competitiva, garantindo sempre a escolha criteriosa dos finalistas que concorrerão ao Troféu Mapinguari. Ao todo, foram mais de 500 filmes inscritos no site do festival, entre curtas, médias e longas metragens.

O festival faz questão de frisar que a mudança na data das exibições não significará a prorrogação das inscrições para a mostra competitiva.

CINEAMAZÔNIA

O CINEAMAZÔNIA surgiu há 14 anos com o objetivo central de fazer a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito a natureza e a tradição dos povos que dela dependem.
O CINEAMAZONIA 14a EDIÇÃO, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet. Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA.
Previous Diário de Bordo de uma palhaça (por Geisa Helena)
Next Cineamazônia participará de encontro de festivais de cinema ambiental

Você também pode gostar

HOMENAGEM E SURPRESA MARCAM O TERCEIRO DIA DO FESTCINEAMAZÔNIA

Cerimônia contou com a presença do secretário do Audiovisual do Minc, Pola Ribeiro Surpresa, emoção e alegria. A noite de quinta-feira, no Teatro Sesc Esplanada, do segundo dia da mostra

Cineamazônia 17ª Edição divulga lista de filmes selecionados

A produção do Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental, divulga a lista dos filmes selecionados para a 17ª Edição, que acontece de 1 a 5 de dezembro de 2020, de

Comunidade Quilombola Santo Antônio Recebe Itinerância

Local cuja presença do Cineamazônia Itinerante também recebeu uma acolhida calorosa foi a comunidade quilombola de Santo Antonio.  Um dos líderes da comunidade, Roberto Lopes, 37 anos, destacou a importância