Cineamazônia oferece mini-curso de cinema com Gustavo Spolidoro

Curso com Gustavo Spolidoro será realizada entre os dias 23 e 25 de novembro no Centro de Formação do Teatro Banzeiros. As inscrições para os dois cursos-oficinas podem ser feitas através do site www.cineamazonia.com.br/oficinas.

 

O curso Cinema de Uma Pessoa Só é um desdobramento do trabalho de mestrado do cineasta e professor da PUC Gustavo Spolidoro e pretende abordar, de forma teórica (mas com intuito prático), os diversos cinemas de uma pessoa só, desde a pré-história do cinema até os dias de hoje, aonde todos somos potenciais cineastas.A outra oficina a ser ministrada será ‘Cinema de uma pessoa só’. Ministrada pelo cineasta Gustavo Spolidoro, será realizada no Centro de Formação do Teatro Banzeiros, também nos dias 23, 24 e 25, no horário de 08h às 12h e com inscrição limitada a 20 pessoas.

gustavo-spolidoro-papo-de-cinema

Gustavo Spolidoro ministrará oficina do Cineamazônia no Teatro Banzeiros

O curso “Cinema de uma pessoa só” pretende entender o processo destes e outros autores e instigar a possibilidade deste tipo de realização, seja ela documental, ficcional ou distinta de gêneros. Ficção, documentário, ensaio ou tudo misturado, em busca de um cinema livre.

“Fazer um filme, hoje, está mais próximo de nós do que pensamos. Em ‘Pacific’, Marcelo Pedroso usou imagens que turistas fizeram em um cruzeiro. Em ‘Doméstica’, Gabriel Mascaro deu câmeras a jovens e pediu que filmassem o cotidiano de suas empregadas domésticas por uma semana.  Em ‘Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te amo’, as imagens captadas por Karim Aïnouz e Marcelo Gomes como pesquisa para outros filmes, acabaram virando uma das mais belas obras do cinema nacional”, explica Spolidoro.

Spolidoro dirigiu e roteirizou 21 curtas e médias e 4 longas, tendo recebido mais de 70 prêmios no Brasil e exterior e participado de festivais como Berlim, Rotterdam e Sundance. Foi homenageado na 9ª Goiânia Mostra Curtas (2009) e teve uma retrospectiva de sua obra no 15º Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira/PT (2011). Para esse curso terá a assistência de Jean Carla, realizadora rondoniense que já ganhou prêmios em edições passadas do Cineamazônia.

As inscrições para os dois cursos-oficinas podem ser feitas através do site do site www.cineamazonia.com.br/oficinas.

Cineamazonia, 14a EDIÇÃO, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet. Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, Sejucel e Unir – Universidade Federal de Rondônia.

Previous Cineamazônia oferece oficina gratuita para levar cinema às escolas
Next Cineamazônia começa contagem regressiva para início do festival

Você também pode gostar

“Dedo na ferida”, de Sílvio Tendler, abre a 15ª edição do Cineamazônia

Na vasta filmografia de Sílvio Tendler nunca houve espaço para a neutralidade. Conhecido como o “cineasta dos sonhos interrompidos”, Tendler tem o raro dom de tratar com sensibilidade assuntos sérios

FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS, FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE ACONTECE EM 5 PAÍSES.

Desde quando iniciou em 2008, o Festcineamazônia Itinerante se tornou mais do que uma simples ideia de apresentar filmes em locais aonde o cinema não chega. Transformou-se num momento em

MARTIN MARTINEZ: UM ARTISTA COMPLETO POR TRÁS DO PALHAÇO DO FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE

“Se vai fazer, faz com vontade”. O bordão usado pelo artista Martin Martinez ao dar vida a seu personagem palhaço é mais que um bordão. É uma profissão de fé.