TV goiana exibe três temporadas de Imagens da Memória

TV goiana exibe três temporadas de Imagens da Memória

 

Produtora de “Imagens da Memória”, a Espaço Vídeo e Cinema celebrou parceria com a TV Serra Azul, localizada na cidade de Porangatu, Norte goiano e retransmissora da TV Futura, para a exibição das três temporadas com vinte e dois capítulos, com cerca de 04 horas de duração, e que resgata a importância das histórias de vida de pessoas isoladas em diversos territórios do país.

A série permite que os personagens reais tenham o direito e a oportunidade de ter a sua história e as suas experiências de vida eternizadas e reconhecidas como fonte de conhecimento e compreensão de suas escolhas.

Tendo como eixo central a importância da memória de vida, ora transmitida pela oralidade, ora pelos objetos como fotos, vídeos, diários, e pelas práticas culturais e a relação dos personagens com o seu espaço territorial, que auxiliam o ser humano a definir o seu lugar no mundo e que permite que o sujeito social de algum sentido ao seu estar no mundo nos momentos em que ele se interroga sobre quem é e o que fez da vida.

A Primeira Temporada de Imagens da Memória foi exibida na TV Serra Azul entre os dias 01 a 08 de agosto de 2019, no horário das 18:30 horas. A Segunda Temporada teve a sua exibição também de segunda a sexta, entre os dias 09 e 16 de agosto no mesmo horário e a Terceira Temporada de Imagens da Memória aconteceu de 19 a 30 de agosto, sempre no mesmo horário das 18:30 horas.

A partir da premissa de Proust de que “a verdadeira viagem se faz na memória”, as três temporadas da série “Imagens da Memória” percorrem diferentes regiões do Brasil e entrevista pessoas representativas de grupos sociais cujas memórias coletivas despertam o sentimento de pertencimento social e territorial, recordando, ao mesmo tempo, as experiências em comum que distinguem uma geração da outra e despertando a própria identidade individual, permitindo compreender a luta pela dominação da recordação e da tradição.

Os personagens são sempre, neste sentido, pessoas cujas experiências de vida possam levar a reflexão da construção social e espacial dos lugares onde vivem, para que se possa ter na memória pretérita a compreensão do presente de seu lugar na sociedade, sua família e o seu grupo social. Nas três primeiras temporadas, produzidas em 2017, a ênfase dos personagens está localizada na Região Norte do território brasileiro.

 

Previous TV Serra Azul de Porangatu exibe Histórias Mal Contadas
Next Cineamazônia 17 anos - 1 a 5 de dezembro de 2020 - A Natureza não pode sair de cena

Você também pode gostar

Curta coproduzido pelo Cineamazônia é selecionado para mostra competitiva em Portugal

De Porto Velho para o Velho Continente. Este será o trajeto realizado pelo curta “Na Boca do Mapinguari”, produção rondoniense selecionado para participar da mostra competitiva da edição 2016 do

14ª edição do Cineamazônia é adiada para novembro

A 14ª edição do Festival Latino Americano de Cinema Ambiental (CINEAMAZÔNIA), sediado em Porto Velho (RO), sofreu alteração na data programada, que seria agora no final de agosto. Com a mudança,

ITINERÂNCIA DO FESTCINEAMAZÔNIA NO VALE DO GUAPORÉ CHEGA AO FORTE PRÍNCIPE DA BEIRA

De Costa Marques vieram em caravana estudantes, professores e população em geral