THIAGO DE MELO E MÁRCIO SOUZA NO FEST CINEAMAZÔNIA

THIAGO DE MELO E MÁRCIO SOUZA NO FEST CINEAMAZÔNIA

A abertura do Fest Cineamazônia Itinerante 2010 lotou o auditório do Espaço Cultural da Uninorte, em Manuas (AM), na noite de terça-feira (09/03). A seleção dos filmes e vídeos apresentados foi muito bem aceita pelo público. O filme Um Rio Entre Nós, do cineasta amazonense Sérgio Andrade, foi exibido como produção local convidada. O festival teve presenças ilustres como a do poeta Thiago de Mello, o escritor Marcio Souza, autor de Mad Maria, e, a historiadora Selda Valle Costa.

Também prestigiaram o Fest Cineamazônia o cineasta Sergio Andrade, Lourenzzo Allysson Gondim da Silva (assessor de comunicação dos Correios do Amazonas), o produtor Chicão Fill, além de alunos e professores da Escola Estadual Antemor Sarmento, acompanhados da diretora Shirley Maria de Souza. A próxima exibição do festival itinerante será em Boa Vista, capital de Roraima, na próxima quinta-feira (11/03). Em cada parada, a produção vem fazendo gravações de cenas para um novo documentário. Na etapa de integração internacional, o Fest Cineamazônia estará em Portugal e Porto Rico.

O Festival tem o patrocínio da Petrobras, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Eletrobras e Correios, conta com o apoio cultural da Santo Antonio Energia, Prefeitura de Porto Velho, Semed e Fundação Iaripuna, Governo de Rondônia – Secel, e apoio da Bancada Federal de Rondônia, senadora Fátima Cleide, senador Valdir Raupp, deputado federal Eduardo Valverde e deputada federal Marinha Raupp.

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE REALIZA APRESENT...

Costa Marques é um dos mais antigos municípios de Rondônia Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros     No dia 15 de agosto, foi a vez da cidade rondoniense

A HORA E A VEZ DO GUAPORÉ

FestcineAmazônia Itinerante percorre Brasil e Bolivia levando cinema, música e circo a comunidades tradicionais Por Ismael Machado Foto de Hubert Hayuad   Há rios que separam e rios que unem.

Cineamazônia encanta Pedras Negras

Não tem sido fácil para a embarcação que transporta o Cineamazônia chegar a muitas das comunidades ribeirinhas para a o projeto de Itinerância. Isso porque o rio Guaporé está no

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!