FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE DEPOIS DE NOVE DIAS SUBINDO O RIO GUAPORÉ CHEGA A VERSALLES – BOLÍVIA

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE DEPOIS DE NOVE DIAS SUBINDO O RIO GUAPORÉ CHEGA A VERSALLES – BOLÍVIA

A sétima localidade a receber o Festcineamazônia em sua itinerância pelo Vale do Guaporé, Versalles uma comunidade boliviana pertencente ao município de Magdalena – Beni, com construções exclusivamente de madeira com cobertura de palha, localizada na margem esquerda do Rio Guaporé, faz parte da  Reserva “Parque Departamental de Itenez”. A via fluvial é a única alternativa de deslocamentos para os seus habitantes, pois a estrada que passa pelo meio da reserva foi abandonada. Eles não querem sua reativação, temendo danos ao meio ambiente, essa consciência ecológica está inscrita na placa que saúda seus visitantes: “BENVENIDOS A VERSALLES DESFRUTE DE NUESTRA NATUREZA Y RESPETE NUESTRO MEDIO”.

A beira do rio é utilizado pelas lavadeiras, que, com suas pranchas de madeira oferecem aos que chegam a Versalles imagens impactantes.  O espaço também é utilizado pelos moradores para seus banhos diários, e desta forma transforma-se em um ambiente de agregação comunitário.

Sua economia que tinha como principal atividade a agricultura, agora está se voltando para o Ecoturismo, uma  opção que se abre para sua população com a construção de um hotel e com a atividade de guias para os visitantes da reserva. Mas Versalles ainda guarda sua tradição no ofício de construção de embarcações, uma atividade de referência para todo o Vale do Guaporé, empregando cerca de dez por cento de sua mão de obra ativa. Chama a atenção a todos que chegam em Versalles seu estaleiro ao ar livre, localizado sob uma imensa e frondosa árvore, que,  segundo Ismael Vasquez Lopez, 51 anos, o mestre carpinteiro do estaleiro de  Taruma. Para Ismael, que só foi uma vez ao um cinema, a vinda do FESTCINEAMAZôNIA “é um estímulo à proteção da natureza, não apenas para as crianças mas para os adultos também”.

Lola Salvaterra Cuellar, 48 anos, professora da escola local, resume a passagem do Festcineamazônia Itinerante como “uma mensagem que nos leva a uma reflexão sobre a necessidade de integração latino americana, principalmente com os países que compõem a bacia amazônica”.

Como tem ocorrido em todas as localidades as crianças fazem a festa com a chegada do  FESTCINEAMAZôNIA Itinerante, em Versalles não foi diferente. Muito alegres e curiosas  ficam sempre por perto das equipes de jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas que percorrem a localidades registrando as manifestações culturais e o dia a dia da comunidade.  O Palhaço XUXU é sua grande atração.

Após a exibição dos filmes o Palhaço XUXU entra em cena e com suas brincadeiras e  mensagens em defesa do meio ambiente  toma conta de uma plateia atenta.

O Festcineamazônia 2012 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal através da Lei Rouanet, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Governo de Rondônia, Secel, TAL – Television America Latina, Governo Autônomo Municipal de Guayaramerim/Bolívia e Prefeitura Municipal de Guajará Mirim/Brasil.

Previous FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE PELO VALE DO GUAPORÉ CHEGA AO QUILOMBO DE SANTO ANTÔNIO
Next

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZONIA COMEÇA MAIS UMA ETAPA DA ITINERANCIA 2014, DESTA VEZ HUMAITÁ NO AMAZONAS SERÁ O PONTO DE PARTIDA.

As apresentações acontecem na orla da igreja matriz as 19:00 horas , e a entrada e grátis. Por Eduardo Kopanakis   Este ano o Festcineamazonia leva na  bagagem uma programação

“Brincando Nos Campos do Senhor”

Texto e Fotos de Toninho Muricy, Diretor de Som do Cineamazonia Itinerante 16ª Edição   O nome do filme de Hector Babenco e do livro homônimo de Peter Matthiessen, é

ÉVORA RECEBE PROJETO AUDIOVISUAL DA AMAZÔNIA

A cidade de évora, capital do Distrito de évora, em Portugal, recebe o Fest Cineamazônia Itinerante com projeção de vídeos e filmes ambientais brasileiros, como parte da integração internacional. A