FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE CHEGA EM SURPRESA, NO VALE DO GUAPORÉ

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE CHEGA EM SURPRESA, NO VALE DO GUAPORÉ

A comunidade fica na fronteira do Brasil com a Bolívia

Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros

O Festcineamazônia Itinerante no último dia 11 de agosto chegou até a comunidade “Surpresa”, ao lado da aldeia “Sagarana”, nas margens brasileiras do Rio Guaporé.

Cercada por uma serra, repleta de ipês amarelos, que colorem o intenso verde e marrom, pois durante o verão, estas são as cores que predominam na paisagem, a pequena Surpresa, vilarejo de pelo menos 200 famílias, parece ainda se recuperar da alagação, que encobriu quase toda a cidade no começo do ano. A marca da água ainda é visível nas paredes.

“Aqui mesmo, neste terreiro, apareceu um guará fugindo das águas. Também cutia e paca. Tudo que era espécie de bicho. Foi cheia monstra, que desde que me entendo por gente, nunca tinha visto igual. Olha que eu achava que conhecia a força do Guaporé” desabafa senhor Marcio, morador antigo do lugar.

A estrutura para a apresentação foi montada em um grande terreno no centro da comunidade. Mais uma vez, foi um sucesso. Se não toda, pelo menos, a maior parte da comunidade marcou presença, contou-se com um público de mais 300 pessoas, somando os indígenas, que vieram da vizinha aldeia Sagarana de barco, somente para ver os filmes. Rodolfo Minari e o seu violãozinho, com as crianças cantando em coro a sua música “Festa dos Bichos”, o palhaço Titetê colocando todos para lançarem balões coloridos no ar e, depois, foi a vez dos filmes prenderem a atenção do público.

“Pensei que iria morrer sem ir no cinema” – confidenciou uma senhora, devia ter seus 70 anos, talvez fosse mais nova e as rugas de sol enganavam. Quando perguntei-lhe o nome, ela apenas sorriu e me repreendeu em seguida: “Moço, fica em silêncio que eu tô vendo filme.”

O encerramento do Festicineamazônia Itinerante desta primeira etapa pelo vale do Guaporé será no dia 25 de agosto em Pimenteiras, para no início de setembro começarem o trajeto da Estrada do Pacífico, passando por cidades amazonense, acreanas, bolivianas e peruanas, na tríplice fronteira do Acre.

O Festcineamazônia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual Lei Rouanet, apoio cultural da Fundação Saramago e Iphan. Parceiros de Mídia Rádio Parecis FM e Canal Brasil. O Festcineamazônia é membro do Green Film Network e Fórum dos Festivais.

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZONIA, UMA NOITE DE SURPRESA EM PO...

Ao final da última poesia, o escritor português José Luís Peixoto diz que há uma pequena surpresa para o público. Ladeado pelo cantor e violonista Bado e pelo palhaço Martinez,

CINEMA BANDEIRANTE

os primeiros anos, não havia luz elétrica e as apresentações da itinerância do Festcineamazonia em União Bandeirantes deveriam ser feitas da mesma forma como ocorreu nessa semana na comunidade do

Cineamazônia Itinerante faz atividades em Fo...

Logo após passar por San Lorenzo (na Bolívia) e o distrito de Surpresa, no início do final de semana o Cineamazônia Itinerante chegou a uma das regiões históricas mais importantes

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!