FORTE PRÍNCIPE RECEBE O FESTICINEAMAZÔNIA ITINERANTE

FORTE PRÍNCIPE RECEBE O FESTICINEAMAZÔNIA ITINERANTE

Fortaleza foi construida pelos portugueses na margem direira do Rio Guaporé

Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros
No último dia 13 de agosto, na entrada da ruína do grande forte construído pelos portugueses, no final do século XVIII, o Festicineamazonia Itinerante realizou sua quinta apresentação em sua jornada pelo rio Guaporé.

O cenário foi inspirador, a antiga base de defesa do Brasil, agora repleta de mato, ao receber a iluminação e a grande estrutura do festival, com suas caixas de som, tela de 6x3m e mais de 150 cadeiras, transformou-se em um verdadeiro cinema ao céu aberto.

A vila de Forte Príncipe tem uma forte presença militar, devido a base do Pelotão Especial de Fronteira, que deu todo o apoio para a equipe do Festcinemaamazônia Itinerante. Além dos militares e suas famílias, também residem ali pescadores e agricultores.

Na noite da apresentação esfriou, depois de uma rápida chuva que caiu durante a tarde. Porém, nada impediu que quase 200 pessoas fossem contemplar a apresentação. Entre soldados e agricultores, o público diverso foi participativo, acompanhando com palmas as músicas de Rodolfo Minari e com gargalhadas os divertidos números do palhaço mineiro Titetê. Ambos acompanham a itinerância com apresentações antes das projeções dos filmes.

A visão do alto, pois uma espécie de fosso cercava o forte, originalmente construído para ser cercado de água, a imagem era incrível. A tela, o público, a música, o cinema, no coração da Amazônia. Assim, o Festcineamazônia cumpre sua missão de levar a arte aos locais mais distantes da floresta, possibilitando a formação de público com um olhar diversificado e a fruição dos filmes que, normalmente, não encontra espaço nos meios tradicionais. Além, pela temática das apresentações, despertar a consciência ambiental.

O encerramento desta primeira etapa pelo vale do Guaporé será no dia 25 de agosto na cidade de Pimenteiras, Brasil.  No início de setembro o Festcineamazônia Itinerante começa o trajeto da Estrada do Pacífico, passando por cidades amazonense, acreanas, bolivianas e peruanas, na tríplice fronteira do Acre.

O Festcineamazônia Itinerante tem o patrocínio do BNDES, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual Lei Rouanet, apoio cultural da Fundação Saramago e Iphan. Parceiros de Mídia Rádio Parecis FM e Canal Brasil. O Festcineamazônia é membro do Green Film Network e Fórum dos Festivais.

Previous FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE CHEGA EM SURPRESA, NO VALE DO GUAPORÉ
Next FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE REALIZA APRESENTAÇÃO NA COMUNIDADE BOLIVIANA DE BUENA VISTA

Você também pode gostar

Cineamazônia oferece oficina gratuita para levar cinema às escolas

Oficina de Bete Bullara será realizada entre os dias 23 e 25 de novembro no Centro de Formação do Teatro Banzeiros. As inscrições para os dois cursos-oficinas podem ser feitas através do site www.cineamazonia.com.br/oficinas. Aprofundar-se no

Cineamazônia Itinerante encerra atividades no Rio Guaporé com passagem por Pimenteiras e estreia em Cabixi

A noite de segunda-feira (11) foi bastante animada para quem foi até a praça da Prefeitura de Pimenteiras. Dezenas de famílias com crianças e adultos estavam ansiosos para assistir diversos

Cineamazônia Itinerante começa atividades na Resex Rio Ouro Preto

A noite da quarta-feira (23) foi bastante especial para o Cineamazônia Itinerante: o projeto iniciou suas atividades no espaço comunitário da Resex Rio Ouro Preto, que fica a 50 quilômetros