Distrito de Abunã recebe o Cineamazônia itinerante

Distrito de Abunã recebe o Cineamazônia itinerante

O distrito de Abunã foi o oitavo destino do Cineamazônia itinerante 2016 nesta sexta-feira (20). Uma parada obrigatória para o festival que visita a localidade desde o começo da itinerância. Como em todas as vezes que a caravana do Cineamazônia visitou o local, a comunidade recebeu de braços abertos a equipe do festival.

Não é a toa que o distrito sempre está no roteiro do festival. Abunã já foi uma das principais cidades de Rondônia na década de 1970. A sessão seria no simbólico galpão da estrada de ferro Madeira-Mamoré, mas problemas técnicos impediram a realização no local e a alternativas foi a quadra da Escola Municipal Marechal Rondon.

_84U6617

Liliana Rosa, 21 anos, sempre acompanhou o Cineamazônia Itinerante, mas desta vez, ela contou com uma companhia mais que especial, o filho Antônio, de 1 ano e 8 meses. “Eu sempre gostei de vir, porque é uma programação divertida, agora é a primeira vez que eu trago o meu filho e ele também esta gostando muito”, comemora.

Já Ivone Souza de Jesus, 52 anos, também elogiou a programação do festival. “Eu gosto muito de vir aqui, porque não temos nada parecido por aqui”, disse Ivone.

Cineamazônia Itinerante 2016 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet.  Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA e FUNCULTURAL.

Previous Dia 5 - Bem-vindo ao Brasil
Next Itinerância leva pequena dose de cinema à Vila Jirau

Você também pode gostar

A HORA E A VEZ DO GUAPORÉ

FestcineAmazônia Itinerante percorre Brasil e Bolivia levando cinema, música e circo a comunidades tradicionais Por Ismael Machado Foto de Hubert Hayuad   Há rios que separam e rios que unem.

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE DEPOIS DE NOVE DIAS SUBINDO O RIO GUAPORÉ CHEGA A VERSALLES – BOLÍVIA

A sétima localidade a receber o Festcineamazônia em sua itinerância pelo Vale do Guaporé, Versalles uma comunidade boliviana pertencente ao município de Magdalena – Beni, com construções exclusivamente de madeira

EM CLIMA DE ELEIÇÃO, PUERTO MALDONADO VAI AO CINEMA

Divididos entre Ollanta Humala e Keiko Fujimori, os cerca de 50 mil habitantes de Puerto Maldonado – região Madre de Dios – vivem forte expectativa diante da escolha do novo