Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição exibe filmes em cinco cidades do Vale do Rio Guaporé

Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição exibe filmes em cinco cidades do Vale do Rio Guaporé

 

A cidade de Costa Marques, em Rondônia, foi a quinta localidade a receber a mostra de curta metragens do Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição, na noite do sábado, 15 de junho. Exibidos na praça central lotada pela população, os filmes agradaram a plateia, composta por pessoas de todas as idades.

Completando 38 anos de emancipação política administrativa, Costa Marques marca a primeira etapa da itinerância, onde o barco é reabastecido e a equipe de profissionais que acompanha a expedição aproveita para descansar e verificar os equipamentos. Cinegrafistas, fotógrafos, técnicos de som e diversos outros profissionais, além das equipes de reportagem da SIC TV – Record Rondônia e da Amazon SAT acompanham o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição.

Na sexta, 14 de junho, o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição esteve presente com as exibições no Quilombo Santo Antônio do Guaporé, localidade com 25 famílias e que se encontra localizada junto a Reserva Biológica de mesmo nome. As famílias no local praticam o cultivo da mandioca e da castanha, e o local conta com uma escola que atende as crianças e jovens.

No dia 12 de junho, o também Quilombo de Pedras Negras recepcionou o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição. Localizado em uma grande curva do Rio Guaporé, Pedras Negras possui este nome em função das enormes rochas negras que cobrem toda a região, e à época da colônia era importante posto de observação dos portugueses para a defesa do rio.

No início do mês, no dia 02 de junho, a cidade de Pimenteiras do Oeste, no extremo sul de Rondônia, foi a primeira localidade as margens do Rio Guaporé a receber o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição. Ponto de escoamento da produção agrícola da região, a cidade conta com uma boa infraestrutura urbana.

A primeira cidade a assistir as exibições de filmes do Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição foi Cabixi, na noite do dia 01 de junho. Na divisa com Mato Grosso, Cabixi é conhecido pelo turismo ecológico e pelos rios onde são desenvolvidas atividades de pesca esportiva.

Nesta segunda, 17 de junho, o Cineamazonia Itinerante – 16ª Edição não para. Logo cedo o barco da expedição de cinema e cultura prossegue descendo o Rio Guaporé e exibindo a mostra de filmes no Forte Príncipe da Beira na mesma noite e logo após, no dia 20 de junho, chega a Surpresa, pequena localidade que é distrito de Guajará-Mirim.

 

Programação

Para a 16ª Edição estão programadas as exibições de dez filmes, assim selecionados: Ficção: “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior, de Rondônia; “A piscina de Caíque” de Raphael Gustavo da Silva, de Goiás; “Crisálida”, de Serginho Melo de Santa Catarina e “Opala azul Negão”, de Renné Brasil de Sá, de São Paulo.

Entre as animações da 16ª Edição do Cinemazonia Itinerante estão as cariocas “Miudinho”, de Eliane Gordeff e Cláudio Roberto, “O fim da fila”, de William Côgo e “Sviaz”, de Diego Akel, Leo Ribeiro, Felipe Thiroux, Adriane Puresa, David Mussel, Anna Thereza Menezes, Alexandre Bersot, Jackson Abacatu e Ronaldo Oliveira. Fecham as animações os goianos, “O violeiro fantasma”, de Wesley Rodrigues e “O bagre de bolas”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Encerrando as exibições será apresentado o documentário “Xavante, Memória, Cultura e Resistência” de Gilson Costa, de Mato Grosso. Além destes filmes, foi incluído ainda o curta “Marcados”, com produção de Felipe Mota.

 

O Cineamazônia

O Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental surgiu há 16 anos na Amazônia Brasileira, com o objetivo de realizar a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, e a formação de plateia e a consciência sócio ambiental.

O Cineamazônia Itinerante é o único Festival de Cinema Ambiental da Amazônia e o mais antigo ainda em atividade. Cineamazônia é a luz do cinema que une Brasil, África, Cabo Verde, Portugal, Colômbia, Peru e Bolívia. É a Luz do cinema que brilha o perto e o longe, que vai até comunidades isoladas da Amazônia, é o registro da memória em estado bruto. O Cineamazônia não para.

 

Cineamazônia Itinerante – 16a edição – tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cidadania, Secretaria Especial da Cultura, Lei de Incentivo à Cultura.

Apoio Cultural: Prefeitura de Cabixi, Prefeitura de Pimenteiras do Oeste e Prefeitura de Costa Marques

 

_______________________________________________

Acompanhe a 16ª Edição do Cineamazonia Itinerante – Festival de Cinema Ambiental, compartilhe, adicione, curta e divulgue entre os seus contatos: #cineamazonia

 

Crédito das Imagens – Pedro Carrilho – Cineamazonia Itinerante 16ª Edição

Contato Imprensa:

Felippe Jorge Kopanakis – 21-994002122

Mail: imprensacineamazonia@gmail.com

 

 

 

Você também pode gostar

Mestre de Cerimônias em nome da representati...

Uma das marcas do Festival Cineamazônia sempre foi a presença de grandes nomes do teatro e do cinema como Mestres de Cerimônia. Artistas do quilate de Cacá Carvalho, Marcos Winter, Gero

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE 2015 NA BOLÍVIA

FestCineAmazônia é exibido em 6 comunidades bolivianas Por Texto: Felippe Jorge Kopanakis – Foto: Gavin Andrews   A viagem do FestCineAmazônia Itinerante 2015 – Vale do Guaporé por terras bolivianas

16ª Edição da Mostra Competitiva do Cineam...

As inscrições para a pré-seleção de filmes da 16ª Edição da Mostra Competitiva do Cineamazônia – Festival Latino Americano de Cinema Ambiental, encerradas na sexta, dia 28 de setembro, recebeu

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!