Veja aqui a programação Cineamazônia Itinerante

Veja aqui a programação Cineamazônia Itinerante

mapinguari-cena02A primeira etapa itinerante do Festival Cineamazônia 2016 começa nesta quarta-feira e vai até o dia 24 de maio. Durante a itinerância serão projetados curtas metragens e animações produzidos no Brasil e no exterior. A maioria participou da mostra competitiva do Cineamazônia no ano passado.

Entre os escolhidos para a programação está a animação “Até a China”, do diretor carioca Marão. Outra produção do Rio de Janeiro escolhida é “A culpa é do Neymar”, de João Ademir. Outro brasileiro ficção “Garoto Propaganda”, de Christopher Faust, do Paraná.

Destaque também para a produção  do próprio Cineamazônia “Na Boca do Mapinguari”,  dirigido por Áriston Oliveira e Gaspar Knyppel, e para a ficção “Ele?!”, de André Cran, também de Porto Velho.

O Cineamazônia Itinerante também costuma levar algumas produções de outros países. Este ano, os ecolhidos foram a animação “Aggregat”, da alemã Helene Tragesser — que participou da mostra competitiva de 2015 e os curtas “Aubade”, de Mauro Carraro (Suíça), e “Objects”, do espanhol Ángel Pascual Berlanga.

Além dos filmes, a caravana também possui como tradição levar às comunidades um pouco da arte circense com a apresentação de palhaços, levando um pouco da magia do circo para as localidades visitadas. Este ano, a dupla Figurita e Aguajito foram os escolhidos para dar mais um toque lúdico nesta primeira etapa da itinerância e envolver ainda mais as crianças no projeto do Cineamazônia.

Previous Cineamazônia começa nova itinerância podendo entrar no livro dos recordes
Next Dia 1 - Porto Velho - Iñapari (Ao som de Belchior, "Pequeno Mapa do Tempo"

Você também pode gostar

Cineamazônia Itinerante passa pelo Quilombo de Pedras Negras, Mateguá e Porto Rolim

Depois de ir até o Quilombo de Santo Antônio e a vila boliviana de Versalles, o Cineamazônia Itinerante chegou a outro ponto importante do Rio Guaporé, na terça-feira (05): o

14ª edição do Cineamazônia é adiada para novembro

A 14ª edição do Festival Latino Americano de Cinema Ambiental (CINEAMAZÔNIA), sediado em Porto Velho (RO), sofreu alteração na data programada, que seria agora no final de agosto. Com a mudança,

Vila construída pela Usina de Jirau desconsidera cultura local e vira cidade fantasma

Quem trafega pela BR-364, nas estradas de Porto Velho, capital rondoniense, precisa ficar atento para notar que Vila Jirau existe. A comunidade, contudo, existe e a existência dela é uma