DEPOIS DO PERU A BOLIVIA RECEBE O FESTCINEAMAZONIA ITINERANTE 2010

DEPOIS DO PERU A BOLIVIA RECEBE O FESTCINEAMAZONIA ITINERANTE 2010

Depois do Peru, a Bolívia. O Festcineamazônia Itinerante inicia em terras bolivianas mais uma etapa da itinerância cultural que tem levado cinema as mais diversas comunidades de Rondônia e de outros países, tendo a defesa do meio ambiente e a discussão por formas alternativas e sustentáveis de vida como principal meta.

No Peru, as cidades que receberam o Cineamazônia foram Porto Maldonado e Cusco. Na Bolívia, serão exibidos dez filmes. A novidade deste ano é a inclusão da cidade de Santa Cruz de La Sierra no roteiro da Itinerância.
No roteiro da programação há cinco animações como ‘O Grito do Mapinguari’, de Francisco Bezerra, Saulo de Souza e Fernando Caetano; “A Terra Gastar”, de Cássia Mary Itamoto/Celina Kurihara; “Peixonauta, o caso das azas azuis”, de Celia Catunda e Kiko Mistrorigo; “O anão que virou gigante”, de Marão e “Mocó Jack” de Luiz BoTosso e ThiagoVeiga.
Além das animações será exibido o documentário “Horizontes e Fronteiras”, de Jurandir Costa, produzido durante a própria itinerância em 2009. Outros dois documentários que serão exibidos aos bolivianos serão o premiado Corumbiara, dirigido por Vincent Carelli e Vozes do Clima- Amazonia, de Gian Carlo Bellotti e Estevão Ciavatta.
Entre o documentário e a ficção está o vídeo “Priara Jõ – Depois do ovo, a guerra”, produzido por índios, e dirigido por Paturi Panará. “Um rio entre nós”, de Sergio José de Andrade, é o único vídeo inteiramente de ficção que não é animação a ser exibido na mostra itinerante. O vídeo é uma produção amazônica de 2009.
O Festcine Amazônia Itinerante é uma iniciativa dos organizadores Jurandir Costa e Fernanda Kopanakis de levar cinema a todas as capitais do Norte do Brasil, de municípios ribeirinhos de Rondônia, países de origem africana e lusitana e para a Amazônia latino-americana, como Peru, Bolívia e Colômbia.
Entre 2009 e 2010 o festival percorreu quase 55 mil km, com mais de 10 mil pessoas assistindo às produções selecionadas para exibição. Em novembro será a vez da oitava edição da mostra competitiva do festival que será realizado em Porto Velho, a capital rondoniense.
A mostra itinerante do Festicineamazônia® tem patrocíconio do Ministério da Cultura do Brasil, Secretaria do Audiovisual, Fundo Nacional de Cultura, Prefeitura de Porto Velho, Semed – Secretaria Municipal de Educação, Fundação Iaripuna, Iphan e Fórum dos Festivais.

Você também pode gostar

COMUNIDADE QUILOMBOLA DE SANTO ANTÔNIO TEM N...

Com 16 anos, Conceição sonha ser médica. Com 58 anos, Armando cultiva uma barba branca tão ‘preta’, como diria a música dos Secos e Molhados e apenas espera vender bem

FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE LEVA CINEMA AOS ...

O cinema vai chegar aos distritos de Porto Velho! A partir desta segunda-feira (19) o Festival Latino Americano de Cinema e Video Ambiental – Festcineamazônia Itinerante vai levar cinema e

Cafetal e Laranjeiras: arte e cultura nas dua...

TEXTO: ISMAEL MACHADO FOTOS: ZECA RIBEIRO EDIÇÃO: LUI MACHADO O posto militar de Cafetal, na Bolívia, faz parte da história recente do país. Foi nele que o atual presidente Evo

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!