Cineamazônia começa nova itinerância por Peru, Acre e distritos de Porto Velho

Em um ano especial, o Festival Latino Americano de Cinema Ambiental – Cineamazônia, chega a sua 15ª edição, e para tanto, tem como uma de suas metas, a compreensão da necessidade de descentralização de suas atividades, por meio da projeção filmes durante todo o ano, entre os meses de julho a outubro em diversas localidades.

Tanto que a partir da próxima quinta-feira (03), começa a primeira etapa itinerante do festival, na cidade acreana de Assis Brasil e vai até o dia 14 de agosto, sendo encerrada no distrito de Jacy-Paraná, distante cerca de 80 quilômetros de Porto Velho.

Realizado desde 2008, o festival já percorreu mais de 150 mil quilômetros, visitando dezenas de cidades, distritos e comunidades que formam a Amazônia, levando cinema e arte a lugares praticamente esquecidos por boa parte dos brasileiros, pela grande mídia e até mesmo pelo poder público. Segundo a organização do Cineamazônia, não há registro de outro festival de cinema que percorrera tamanha distância.

A caravana não se limita ao território brasileiro. Durante os nove anos de itinerância, o festival já levou o cinema a países como Colômbia, Bolívia, Peru, Portugal e Cabo Verde.

Esta é apenas a primeira etapa do Cineamazônia Itinerante 2017, que consiste em duas fases: uma feita por terra, explorando as estradas que cortam a Floresta Amazônica e outra feita seguindo o Rio Guaporé entre Guajará-Mirim e Cabixi, no cone Sul de Rondônia.

Nesta primeira fase, por terra, serão visitadas as cidades do Acre, uma do Peru e distritos de Porto Velho. O início da jornada será em Assis Brasil (AC). Em seguida, o Cineamazônia atravessa a fronteira e vai para Iñapari. Depois, volta para o Acre e faz uma atividade em Capixaba.

Já em Rondônia, a itinerância passará pelos distritos de Porto Velho: Nova Califórnia, Extrema, Vista Alegre do Abunã, Fortaleza do Abunã, Abunã, União Bandeirantes, Nova Mutum (Vila Jirau), Rio Pardo e terminando em Jacy-Paraná.

Mais festival

O Cineamazônia surgiu há 15 anos com o objetivo central de fazer a junção entre a sétima arte, o circo e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito à natureza e à tradição dos povos que dela dependem. Isso sem esquecer de divulgar, integrar e promover discussões em torno da produção de cinema e vídeos nacionais e internacionais, legendados ou narrados na Língua Portuguesa.

A 15ª edição do Cineamazônia tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual e da Lei Rouanet. Ainda tem o apoio cultural da Sejucel, Funcultural, Fecomércio e SESC Rondônia. O Cineamazônia é associado ao Fórum dos Festivais e membro do Green Film Network.

Serviço:

 Pauta: Cineamazônia começa itinerância por Peru, Acre e distritos de Porto Velho.

Local: Sugestão para acompanhar a saída da caravana da Praça das Três Caixas D’Água, na Rua Carlos Gomes com Rogério Weber.

Data da saída: Quarta-feira, dia 02 de agosto.

Horário: A partir das 09 da manhã.

Você também pode gostar

Vila construída pela Usina de Jirau desconsi...

Quem trafega pela BR-364, nas estradas de Porto Velho, capital rondoniense, precisa ficar atento para notar que Vila Jirau existe. A comunidade, contudo, existe e a existência dela é uma

Cineamazônia abre Inscrições para a décim...

Estão abertas as inscrições para a pré-seleção de filmes da Mostra Competitiva do Cineamazônia – Festival Latino Americano de Cinema Ambiental, em sua décima quinta edição, que será realizado no

Cineamazônia fecha segunda etapa da itinerâ...

O Cineamazônia completou, nesta quarta-feira (03) mais uma etapa do projeto de itinerância do festival. De barco, a caravana cultural do Cineamazônia Itinerante visitou dezessete localidades ribeirinhas que receberam as

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!