PARCERIA COM UNIVERSIDADE DE COIMBRA EXIBE FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE

PARCERIA COM UNIVERSIDADE DE COIMBRA EXIBE FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE

Poucos meses antes de a ONU reunir as maiores lideranças globais na Rio+20, a tradicional Universidade de Coimbra, em Portugal, vai sediar um grande encontro sobre a Amazônia, antecipando temas que serão objeto da conferência no Brasil. De 25 o 28 de março, “Lutas pela Amazónia no Inicio do Milênio: Colóquio Internacional” discutirá os desafios da Amazônia no século XXI. Na abertura, serão exibidos documentários sobre a Amazônia, em uma mostra organizada pelo Festcineamazonia, seguida por mesas coordenadas pelo economista e professor catedrático da Universidade de Coimbra, Boaventura de Sousa Santos.

Filmes

O Festcineamazonia é um festival de cinema ambiental que ocorre em Rondônia e foi responsável pela curadoria dos filmes que abrem o colóquio. Entre os destaques, estão o premiado documentário “Corumbiara”, de Vicente Carelli, que conta o genocídio dos índios em Rondônia; “Toxic Amazon”, de Felipe Milanez e Bernardo Loyola, sobre o assassinato do casal de ambientalistas no Pará, José Cláudio e Maria, ocorrido em maio de 2011; e uma apresentação do poeta e cantor de Roraima, Eiakin Rufino.

Essa é a terceira vez que o Festcineamazônia se apresenta em Portugal. Nas outras oportunidades, além de Coimbra, foi também exibido na cidade histórica de évora. Este ano, depois de Portugal, o festival seguirá para Angola e Cabo Verde.

 

Rufino e Milanez vão acompanhar o encontro. O diretor do documentário sobre os assassinatos na Amazônia, Felipe Milanez, é convidado especial pela Universidade de Coimbra, e fará uma exposição sobre a questão da violência na região, tema que também é objeto de debates nas mesas do colóquio.

A equipe do festival produzirá um filme sobre a herança lusitana e africana no Brasil, conduzido pelo poeta e cantor Rufino. Além disso, será exibido o documentário produzido pela equipe do Festcineamazônia “Nada é Longe”, com locações em Portugal, Cabo Verde e as capitais da região norte. “é um gesto de “devolução, de voltar aos lugares onde foi exibido o festival e exibir o que o festival registrou”, conta Jurandir Costa, um dos organizadores.

Debates

Nas mesas de debates, serão discutidos diferentes aspectos da Amazônia hoje, como “Amazônia e a geopolítica num mundo globalizado”; e “Amazônia e o desenvolvimento sustentável: Rio 92 e Rio 92 +20”, que contará com a presença de José Augusto Pádua, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e Violeta Loureiro, da Universidade Federal do Pará.

cartaz_festcine_amazonia

O Festcineamazônia® Itinerante 2012 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Secretaria do Audiovisual, apoio cultural da Universidade de Coimbra, CES – Centro de Estudos Sociais, Jornal Folha de Rondônia, Rádio 95 FM, TAL – Television America Latina.

Previous FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE EM CABO VERDE - PROGRAMAÇÃO
Next BAIXO MADEIRA RECEBE PROGRAMAÇÃO DO FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE 2012

Você também pode gostar

FESTCINEAMAZÔNIA APOIA CRIAÇÃO DO PARQUE DOS BEIRADEIROS EM PORTO VELHO

Vamos plantar um parque no rio Madeira. A mensagem repercutiu no Baixo rio Madeira na edição itinerante do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo Ambiental – Festcineamazõnia realizada nos

Uma só linguagem em Guayaramerin: arte

As ruas movimentadas do comércio de Guayaramerin parecem ter ficado perdidas num tempo que faz falta aos moradores dessa pequena cidade boliviana. A alta do dólar tem afastado os principais

Cineamazônia Itinerante encerra atividades no Rio Guaporé com passagem por Pimenteiras e estreia em Cabixi

A noite de segunda-feira (11) foi bastante animada para quem foi até a praça da Prefeitura de Pimenteiras. Dezenas de famílias com crianças e adultos estavam ansiosos para assistir diversos