Vista Alegre recebe caravana do Cineamazônia Itinerante

Logo no dia seguinte, na terça-feira (08), o Cineamazônia Itinerante seguiu para Vista Alegre do Abunã, cidade com pouco mais de 4 mil habitantes e distante 260 quilômetros da Capital, Porto Velho.

O local escolhido para a projeção de vários filmes curta metragens foi a quadra da escola municipal Maria Casaroto, que contou com a presença de muitas crianças e suas famílias. “Trouxe minha filha de dois anos, mas também veio uma priminha dela e uma sobrinha minha. Uma delas estuda na escola, e quando anunciaram, ficaram todas cheias de expectativa para vir ver os filmes e o palhaço”, disse Ariane Medeiros, moradora de Vista Alegre do Abunã.

O vice-diretor do colégio, Josemir Gomes de Araújo, comemorou mais uma passagem do Cineamazônia pelo distrito de Porto Velho. “Sempre tivemos uma parceria importante com o Cineamazônia, que sempre vem a nossa cidade. É importante estabelecer essa união entre cinema, arte, educação e cultura. No que depender da gente, ano que vem, queremos que vocês estejam conosco de novo”, apontou ele.

Para o coordenador do Cineamazônia, José Jurandir da Costa, é sempre importante destacar o papel da região para o mundo. “Os olhos do mundo estão voltados para a Amazônia. Temos muitas riquezas aqui como ouro, minérios, água, biodiversidade, entre outras. O que nós queremos, é sempre estabelecer essa união entre a arte, cinema e educação. Isso é de extrema importância para que possamos formar cidadãos com consciência sobre seu papel na sociedade”, destacou ele.

Por fim, o palhaço Cloro (artista argentino) ainda teve a companhia em seu espetáculo de um conterrâneo de arte e país: Gustavo de Giácomo, acompanhado pelo uruguaio Elisandro Jésus, artistas de rua que estão rumo ao Acre e que a caravana do Cineamazônia encontrou em Vista Alegre do Abunã. “Fiquei muito feliz em encontrar um companheiro de profissão neste lugar. Tão bom quanto isso é fazer uma participação especial com um número de pirofagia para um público grande e animado”, afirmou Gustavo.

Texto: Felipe Corona

Fotos: Beethoven Delano

Você também pode gostar

Dia 6 – Em Nova Califórnia, nossa estr...

Chegamos em Nova Califórnia na hora do almoço. Era a primeira sessão do Cineamazônia Itinerante que fazíamos em solo rondoniense. Se quer ter uma noção de como o distrito de

EXTREMA, DISTRITO DE PORTO VELHO, RECEBE O FE...

Comunidade aguarda ansiosa a noite de exibição Por Sérgio Carvalho com Fotos de Talita Oliveira   Depois de uma noite de grande alegria em Nova Califórnia, distrito de Porto Velho,

Cineamazônia oferece oficina gratuita para l...

Oficina de Bete Bullara será realizada entre os dias 23 e 25 de novembro no Centro de Formação do Teatro Banzeiros. As inscrições para os dois cursos-oficinas podem ser feitas através do site www.cineamazonia.com.br/oficinas. Aprofundar-se no

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!