FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS- FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE LEVA A COBIJA- BOLÍVIA DUAS NOITES DE ATRAÇÕES.

FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS- FESTCINEAMAZÔNIA ITINERANTE LEVA A COBIJA- BOLÍVIA DUAS NOITES DE ATRAÇÕES.

A última parada nesta etapa do Festival de Artes Integradas- Festcineamazonia Itinerante foi  em Cobija-Bolívia. Cidade boliviana que faz fronteira com o Brasil recebeu a caravana do Festival durante dois dias, Cobija é a capital do Departamento de Pando e estava em festa pelos 75 anos de fundação dessa região.

As duas noites do Festival de Artes Integradas tiveram programação intensa com a exibição de filmes, dentre eles o destaque para o documentário Suenos de La Fronteira que relata o drama de haitianos em busca de sobrevivência no Brasil, em face a devastação de seu pais natal e os desafios da passagem nas fronteiras peruanas e bolivianas. Filme dirigido numa parceria entre diretores do Brasil, Bolívia e Peru com Edinés Silva de Araujo (Brasil), Mayra Cádiz Argandoña (Bolívia), Renato Castro de Alnuido (Brasil), Patricia Perales Yabar (Peru).

Alem da exibição de filmes, o Festival contou com as atrações do palhaço boliviano Piporrin, e com a apresentação do corpo do Ballet Municipal de La Casa de Cultura/Cobija.

Durante as duas últimas noites desta etapa da itinerância do Festival de Artes Integradas todas as exibições estiveram completamente lotadas. Sucesso de público.

O Festival de Artes Integradas – Festcineamazônia Itinerante 2013 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal através da Lei Rouanet, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, apoio cultural da Santo Antônio Energia

Previous FESTCINEAMAZÔNIA PASSA A FAZER PARTE DA ORGANIZAÇÃO GREEN FILM NETWORK (GFN), A REDE CINEMATOGRÁFICA COM OS FESTIVAIS AMBIENTAIS MAIS IMPORTANTES DO MUNDO.
Next PUERTO MALDONADO FOI A ULTIMA CIDADE PERUANA A RECEBER O FESTIVAL DE ARTES INTEGRADAS, NESTA ETAPA DA ITINERÂNCIA

Você também pode gostar

EMBAIXADA AMERICANA E TV RONDÔNIA LEVAM EXPOSIÇÃO “O RIO DA DÚVIDA” ATÉ OS DISTRITOS DE PORTO VELHO

Painéis com citações dos diários dos desbravadores Rondon e Roosevelt de 1914-1915, além de  fotografias cedidas pelo Museu do Índio do RJ, pela Biblioteca do Museu Americano de História Natural

TUDO COMEÇOU EM GUAJARÁ-MIRIM

FESTCINEMAZONIA ITINERANTE 2015 – VALE DO GUAPORÉ Começa em Guajará-Mirim Por Texto: Felippe Jorge Kopanakis – Foto: Gavin Andrews     A expedição do FestCineamazônia Itinerante 2015 – Vale do

A PRIMEIRA VEZ NÃO SERÁ ESQUECIDA

É um tempo diferente o que cerca a comunidade que vive na Reserva Extrativista Rio Ouro Preto, entre os municípios de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, em Rondônia. Guiados pelo rio