FESTCINEAMAZÔNIA: CARAVANA CHEGA À TERRA DE CHICO MENDES

FESTCINEAMAZÔNIA: CARAVANA CHEGA À TERRA DE CHICO MENDES

Xapuri-AC é mais uma das cidades a receber as atrações do festival intinerante 

Humor não tem língua ou nacionalidade. Consciência política e ambiental também não. A reflexão pode ser feita quando se unem dois palhaços peruanos na terra onde o líder seringalista Chico Mendes tombou. Em Xapuri, município acreano, o Festcineamazônia Itinerante, proporcionou essa possibilidade.

Xapuri ainda respira a presença de Chico Mendes, seringalista que se tornou um símbolo na luta pelo uso sustentável da floresta. É uma luta amazônica. Sem fronteira.

Da mesma forma que Figurita e Farolito denominam-se. São Palhaços sem Fronteiras. Coloridos, com as roupas em amarelo berrante e revezando-se em esquetes humorísticos musicais, a dupla de palhaços desceu os Andes peruanos e se juntou à trupe do Festcineamazônia. O resultado não poderia ser diferente: risos escancarados.

A diversão não encobriu o fato de que Xapuri ainda sofre as consequências da cheia de 2014. As seqüelas são visíveis, mas as causas são mais profundas que a mera oscilação das marés. As mudanças ambientais causadas por ações de grandes projetos na região são uma cobrança da natureza.

A conseqüência é que a casa e o museu de Chico Mendes, um dos atrativos da cidade estão fechados. Todas as peças foram levadas para o prédio da antiga prefeitura. O lugar escolhido para as apresentações foi a Praça da Rodoviária. As apresentações do Festcineamazônia iniciaram depois que missas e cultos, realizados no entorno da praça foram encerradas.

Às 20h30, a praça lotou. Famílias inteiras aproveitaram o cinema improvisado para mudar um pouco a própria rotina. Antes, as gargalhadas ecoaram alto com a dupla peruana. Depois foi a vez da grade de programação dos filmes.

Toda a programação pode ser vista pelo nosso site cineamazonia.com ou pela nossa pagina no Facebook,facebook.com/festcineamazonia.

O Festcineamazônia Itinerante 2015 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura,Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet, apoio cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da Funcultural, Fundaçao Cultural de Porto Velho, Sema, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Semed, Secretaria Municipal de Educação, Semusb, Secretaria Municipal de Serviços Básicos. O Festcineamazonia é membro do Greenfilm Network e do Fórum dos Festivais.

Por Texto Lui Machado e foto Talita Oliveira

Você também pode gostar

VERSALLES – BOLÍVIA RECEBE O FESTCINEA...

Comunidade boliviana, de nome francês, acolhe o Festival de coração aberto. Por Sérgio Carvalho Foto de Eder Medeiros     A comunidade de nome afrancesado: Versalles, localizada nas margens bolivianas

Ailton Krenak, militante das causas indígena...

Foi como se tivesse sido uma grande aula de vida. A homenagem feita pelo Cineamazônia ao militante das causas indígenas Ailton Krenak transformou-se num momento de crítica ao atual momento

Cineamazônia Itinerante passa por Capixaba (...

Após as atividades em Assis Brasil e Iñapari, no Peru, o Cineamazônia Itinerante foi até o segundo e último município acreano previsto no roteiro do projeto: Capixaba, distante mais de

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!