Cineamazônia participará de encontro de festivais de cinema ambiental

13087739_1379384965423714_3746184350561143972_nO Festival Latino Americano de Cinema Ambiental (Cineamazônia) é um dos festivais convidados a acompanhar o 18º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), que acontece na cidade de Goiás Velho (GO). O convite possibilita um encontro histórico, pois pela primeira vez estarão reunidos os quatro festivais de cinema ambiental de língua portuguesa do mundo. Além do Cineamazônia, Filmabiente e Cineco (este último de Portugal) também participarão do 18º Fica, realizado nos dias 16 a 23 de agosto.

Uma das organizadoras do Cineamazônia, Fernanda Kopanakis destaca a importância do convite e da reunião de outros organizadores no 18º FICA, o mais antigo festival de cinema ambiental do país. “É uma oportunidade única que temos de estarmos juntos e discutirmos o conteúdo audiovisual, principalmente a questão do cinema ambiental”, diz Fernanda.

“Essa reunião é muito significativa para nós, porque nos inspiramos no projeto do Fica para que pudéssemos criar o único festival de cinema de temática ambiental da Amazônia”, ressalta Jurandir Costa, organizador do Cineamazônia.

Assim como o Fica, o Cineamazônia também integra o maior rede mundial de festivais de cinema ambiental, o Green Film Network.

Cineamazônia

O Festival Cineamazônia surgiu há 14 anos com o objetivo central de fazer a junção entre a sétima arte e o meio ambiente, divulgando e promovendo a mensagem pela sustentabilidade, o respeito a natureza e a tradição dos povos que dela dependem.

Cineamazonia, 14a EDIÇÃO, tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet. Apoio Cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da SEMA.

Você também pode gostar

PEDRAS NEGRAS A MAIS IMPORTANTE COMUNIDADE QU...

A Intinerância do Festcineamazônia prossegue subindo o Rio Guaporé

Israelitas consagram Cineamazônia em Mategua

TEXTO: ISMAEL MACHADO FOTOS: ZECA RIBEIRO EDIÇÃO: LUI MACHADO  A maior concentração de botos em toda itinerância do rio Guaporé. O comentário era repetido por quase todos os integrantes do

Surpresa e vitória para o Cineamazônia

Texto- Ismael Machado Fotos- Zeca Ribeiro Edição- Lui Machado Vitória Laís tem nove anos e dois sonhos. O de deixar os cabelos alourados crescerem como o de Rapunzel- sem alisar-

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!