TV Serra Azul abre espaço para a produção audiovisual independente brasileira

Uma parceria entre a Espaço Vídeo e Cinema e a Fundação Cultural Serra Azul, gestora da TV Serra Azul e retransmissora da TV Futura na cidade de Porangatu, Norte de Goiás, abre espaço na grade de programação da emissora para exibição de conteúdo nacional.

A proposta de parceria entre as instituições partir da necessidade, por um lado, de se ampliar o conteúdo nacional da TV Serra Azul e, por outro, da importância das séries produzidas pela Espaço Vídeo e Cinema no contexto de retratar diferentes aspectos da cultura brasileira.

Para o diretor da Espaço e Vídeo, o cineasta José Jurandir da Costa, a abertura de canais de televisão no interior do país para a exibição de produções nacionais “abre a possibilidade para que uma grande quantidade de obras produzidas possa ser conhecida pelos mais diferentes públicos em diversas regiões do Brasil”.

O presidente do Conselho de Administração da Fundação Cultural Serra Azul, engenheiro Carlos Rosemberg, um dos responsáveis pela parceria, ressalta que a TV Serra Azul “busca se inserir no contexto do audiovisual brasileiro e que um dos objetivos é possibilitar a abertura da grade para mostrar a riqueza das produções nacionais”. Ainda de acordo com ele, “a parceria com a Espaço Vídeo e Cinema vai inserir em nossa programação quase cinco horas de conteúdo nacional, o que é de suma importância para a região onde estamos”.

De acordo com o cineasta, foram disponibilizadas três séries documentais. A primeira, “Imagens da Memória”, composta três temporadas e vinte e dois capítulos e com cerca de 04 horas de duração, resgata a importância das histórias de vida de pessoas isoladas em diversos territórios do país.

Outra série que será exibida pela TV Serra Azul é “Histórias mal contadas”, com vinte e cinco capítulos e com 1h52 minutos no total e que retrata a preservação da oralidade da música autoral e revela todo o processo de construção das músicas através do depoimento de cada compositor.

A terceira série é “Animando Amazônia”, com duas temporadas e um total de trinta e três episódios, projeto pioneiro de animação desenvolvida na Amazônia brasileira e na Bolívia, utilizando a técnica de Pixilation e que tem sua atenção ao meio ambiente e a importância da consciência ambiental.

A parceria, firmada em 2019, pretende ser ampliada ainda este ano, com a Espaço Vídeo e Cinema já tendo sido convidada pela TV Serra Azul a produzir documentários que retratem a cultura e as tradições artísticas da região norte de Goiás e a importância da preservação do Cerrado.

 

Conheça detalhes das séries da Espaço Vídeo e Cinema que serão exibidas pela TV Serra Azul:

Imagens da MemóriaHistórias Mal ContadasAnimando Amazônia

Conheça a programação da TV Serra Azul e o Portal Serra Azul

A TV Serra Azul está localizada em Porangatu, Norte Goiano

Você também pode gostar

Tom político e social marca abertura do Cine...

Festival rondoniense lembra aumento da violência agrária no estado em homenagem a liderança comunitária assassinada por pistoleiros A noite de abertura da edição 2016 do Cineamazônia manteve a tradição do

Em Portugal, festival Cineamazônia inicia te...

Depois de viajar por terra, visitando distritos de Porto Velho e pela água, levando o cinema para comunidades ribeirinhas de Brasil e Bolívia no rio Guaporé, chegou a hora do

Mestre de Cerimônias em nome da representati...

Uma das marcas do Festival Cineamazônia sempre foi a presença de grandes nomes do teatro e do cinema como Mestres de Cerimônia. Artistas do quilate de Cacá Carvalho, Marcos Winter, Gero

0 Comments

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar este post!